Como Prevenir e Evitar Acidentes de Trânsito? Melhores Dicas

Confira neste guia essencial as melhores dicas de como prevenir e evitar que acidentes de trânsito aconteçam. A conscientização de todos pode sim fazer a diferença e contribuir para um trânsito melhor e mais seguro.

como evitar e prevenir acidentes de trânsito

Procurando por dicas e orientações sobre como prevenir e evitar acidentes de trânsito? Saiba que infelizmente eles continuam sendo uma das principais causas de mortes e lesões em todo o mundo.

Mesmo sendo praticamente impossível eliminar completamente os riscos nas estradas e nas ruas das cidades, existem medidas concretas que os condutores, pedestres, ciclistas, motociclistas e autoridades podem adotar para reduzir significativamente a ocorrência desses incidentes trágicos.


Os acidentes podem acontecer por diversos fatores diferentes, como por exemplo um trânsito mal organizado, um veículo em péssima condição de uso, ruas e rodovias em más condições de conservação, fiscalização falha e precária, sem falar no mal comportamento por grande parte dos condutores.

Desta forma, como o nosso interesse é ajudar nossos leitores, principalmente sobre este assunto que é tão importante, preparamos este guia completo com as melhores dicas de como evitar e prevenir acidentes de trânsito. Então, para não perder nenhuma dica, prossiga com sua leitura.

Qual a maior causa de acidentes de trânsito?

Conforme estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS), os principais causadores de acidentes e morte no trânsito mundial são o excesso de velocidade, embriaguez no volante, falta de itens e acessórios de uso obrigatório de segurança como cinto de segurança, capacete, cadeirinhas para transportar crianças e bebês, falta de atenção, desobediência com a sinalização e placas de trânsito, uso de aparelho celular durante a direção entre outros.


Melhores dicas de como prevenir e evitar acidentes de trânsito:

Já sabendo quais são os maiores causadores, e que a única forma de prevenir é a conscientização de todos, confira as melhores dicas e orientações de como prevenir e evitar acidentes de trânsito:

Esteja bem para andar, pedalar, dirigir ou pilotar:

De acordo com números de uma análise realizada pelo governo do Estado de São Paulo, onde foi constatado que 94% dos acidentes de trânsito no Brasil têm como origem falhas de natureza humana. Este dado, de natureza alarmante, evidencia de forma clara o quão perigosa pode ser a imprudência nas vias.

Por isto, evitar a condução sob influência de álcool, substâncias tóxicas ou então remédios que possam prejudicar a capacidade de reação ao dirigir, pedalar, andar ou pilotar é essencial, a fim de garantir a segurança de todos os envolvidos.

No entanto, é importante salientar que os acidentes nem sempre acontecem por negligência dos motoristas, todos estão susceptíveis a cometer erros.

Desta forma,  caso sentir algum sinal de cansaço ou sonolência, é recomendável ficar em casa, e se estiver em viagem realize uma parada para descanso, mesmo que seja por um período breve, como trinta minutos. E se a parada for de noite, cuidado onde vai parar para descansar.

Outro erro que muitos cometem é envolver-se em discussões antes ou durante a condução de um veículo. Manter a mente serena e a concentração na direção é fundamental.

Nos momentos de estresse, tendemos a agir de maneira impulsiva, como se envolver em brigas no trânsito por motivos fúteis, colocando assim a vida de muitos em risco.

Respeite as regras de trânsito e a sinalização:

O primeiro passo para evitar acidentes no trânsito é aderir rigorosamente às regras de trânsito e respeitar a sinalização.

Isso inclui obedecer aos limites de velocidade, parar em semáforos vermelhos, dar preferência aos pedestres nas faixas de pedestres e seguir todas as indicações presentes nas placas de trânsito. Ignorar essas normas aumenta consideravelmente o risco de colisões e atropelamentos.

Ajuste da forma certa os retrovisores e tenha uma boa postura para dirigir:

Manter uma postura adequada durante a condução é fundamental para garantir uma visão muito mais otimizada do ambiente externo ao veículo.

Saiba que uma posição inadequada pode resultar em fadiga precoce, prejudicando sua capacidade de reação diante de situações de urgência.

Assim sendo, encontre a posição ideal e ajuste os espelhos retrovisores do veículo. Este passo é de extrema importância para diminuir os pontos cegos ao máximo que puder. E ao realizar mudanças de faixa, tenha em mente que senão conseguir ver um motociclista por exemplo, isto pode resultar em colisões graves e sérios danos.

Não dirija sob influência de álcool, drogas ou medicamentos como calmantes:

Dirigir sob a influência de álcool, drogas, ou remédios fortes como calmantes é perigoso, e caso não saiba, isto está associado a um grande número de acidentes fatais.

De acordo com o Artigo 306 da Lei 13546/2017, condutores flagrados dirigindo com sua capacidade psicomotora comprometida devido à influência de álcool ou substâncias medicamentosas, enfrentarão a suspensão de sua habilitação por um período que varia de dois meses a cinco anos, além de uma multa no valor de r$ 2.934,70 reais.

Respeitar o limites de velocidade na cidade e estrada:

Antes de pisar o pé no pedal do acelerador do seu carro, ou sair acelerando sua moto, leve em consideração que os limites de velocidade estabelecidos para cada via não são determinados ao acaso.

Tenha em mente que diversos estudos que levam em consideração a região, o fluxo de tráfego e os riscos envolvidos, entre outros fatores, influenciam na definição dessa velocidade máxima permitida.

Portanto, respeitar a sinalização, independentemente de estar conduzindo em uma rua na cidade ou em uma rodovia, é uma das abordagens mais eficazes para assegurar a sua segurança, e as dos demais ao seu redor, prevenindo e evitando acidentes.

Saiba que quando o condutor mantem a velocidade permitida na via, ele tem muito mais flexibilidade de reação garantindo habilidade de reagir prontamente à situações imprevistas, mantendo assim um controle adequado sobre o veículo.

Mantenha a distância segura sempre:

Manter uma distância segura do veículo que está à frente é uma ótima medida que contribui para evitar acidentes sérios e também infrações no trânsito.

É essencial estabelecer um espaço entre os veículos, permitindo que o veículo que segue atrás possa frear de forma segura caso o da frente precise parar ou desviar de algum obstáculo.

Respeite os pedestres e ciclistas:

Pedestres e ciclistas são participantes vulneráveis no trânsito, sempre dê a devida preferência a eles e reduza a velocidade em áreas onde há grande presença desses usuários.

Esteja atento às faixas de pedestres e utilize os espelhos retrovisores para verificar a presença de ciclistas antes de realizar manobras.

Jamais use o celular quando estiver na direção:

Está é uma dica que pode sim prevenir e evitar acidentes no trânsito, por isto, em hipótese alguma faça uso do celular quando estiver dirigindo.

Já está mais que comprovado que o uso do dispositivo causa distração, onde a mesma poderá causar acidentes.

Além de ser proibido por lei, usar o celular enquanto dirige poderá aumentar em até 400% as chances de um acidente acontecer. Não coloque a sua vida e nem a de outras pessoas em risco.

Use os faróis do veículo da forma certa:

A iluminação inadequada dos veículos pode causar incômodo aos outros motoristas na via. Manter os faróis acesos melhora a visibilidade dos automóveis em rodovias, mesmo durante o dia.

De acordo com um estudo do Denatran, a utilização das luzes reduz em aproximadamente 5 a 10% a incidência de colisões diurnas. Durante a noite, os condutores devem alternar entre o farol baixo em vias com iluminação e o farol alto em locais sem iluminação.

No entanto, para evitar acidentes, é essencial reduzir a intensidade da luz ao cruzar com veículos no sentido oposto.

Use corretamente as setas indicadoras:

Uma outra dica de suma importância é utilizar as setas de maneira correta, sinalizando suas intenções de virar, mudar de faixa ou indicando possíveis problemas.

Então, antes de realizar uma conversão ou qualquer manobra, acione a seta correspondente com antecedência, alertando os demais condutores.

Dessa forma, os outros motoristas têm tempo para reduzir a velocidade e manter uma distância segura, evitando colisões. Como você irá diminuir a velocidade para a manobra, eles estarão cientes e preparados. A ausência do uso da seta pode pegá-los de surpresa, potencialmente causando acidentes.

Evite deixar objetos soltos no interior do veículo:

Embora possam parecer inofensivos, pequenos objetos soltos no interior do veículo, como brinquedos ou sacolas de compras têm o potencial de serem fatais, mesmo sem ocorrer uma colisão.

Em freadas bruscas, esses itens podem ser projetados contra o crânio dos ocupantes do automóvel, resultando em lesões graves e até mesmo a morte.

Até um simples objeto como uma garrafa de água pode representar riscos. Caso ela venha de deslocar dentro do veículo, existe a possibilidade da mesma se prender nos pedais de freio ou do acelerador, impedindo que eles sejam usados.

Por isto, a dica é para colocar os objetos no porta-luvas ou no porta-malas, e não soltos no interior do veículo.

Fique sempre atento aos outros condutores:

É de extrema importância ficar atento não apenas com suas próprias ações no trânsito, mas também nas ações de outros condutores.

Você até pode estar dirigindo seu veículo em conformidade com as regulamentações, de maneira segura e dentro dos limites de velocidade. No entanto, o motorista do veículo que está atrás ou na sua frente pode não estar fazendo o mesmo.

Desta forma, é fundamental estar atento a tudo o que está acontecendo ao seu redor no fluxo de tráfego do trânsito.

Assim você poderá reagir mais rapidamente se necessário. “Atenção” é a palavra-chave quando se trata de dirigir com segurança, tenha isto sempre em mente.

Faça manutenções regularmente no seu veículo:

A manutenção adequada do veículo desempenha um papel muito importante na prevenção de acidentes. Certifique-se de que os freios, pneus, luzes e sistemas de direção estejam em perfeito funcionamento. Realizar revisões regulares e trocar peças desgastadas contribui significativamente para a segurança.

Cinto de segurança para motorista e passageiros:

O cinto de segurança desempenha um papel muito importante na segurança de motoristas e passageiros em situações de colisões, batidas e capotamentos.

Sua utilização é obrigatória, conforme especificado pelo Artigo 65 da Lei nº 9503/97. Ao conter impactos contra o volante e evitar deslocamentos bruscos, o cinto é um elemento vital para mitigar riscos durante colisões.

Capacete na cabeça ao pilotar uma moto:

A utilização do capacete ao pilotar uma motocicleta é vital para preservar a integridade física do piloto e minimizar os riscos associados a acidentes e quedas. É uma medida para garantir a segurança pessoal e cumprir as normas legais de trânsito.

Se possível faça um curso ou treinamento de Direção Defensiva:

Outra dica para prevenir e tentar evitar ao máximo que acidentes ocorram é um curso ou treinamento de Direção Defensiva.

A Direção Defensiva é uma abordagem que visa equipar os condutores com habilidades e técnicas para antecipar, reconhecer e reagir de maneira adequada a situações de risco nas ruas e estradas.

Portanto, um curso de Direção Defensiva pode proporcionar aos motoristas as ferramentas necessárias para se tornarem condutores mais conscientes, responsáveis e habilidosos, contribuindo assim para um trânsito melhor e mais seguro para todos.