Transporte de Animais Em Carros: Guia Básico Completo

Aprenda como fazer o transporte de animais em automóveis da forma certa. Entenda o que diz a lei sobre e muito mais neste texto explicativo. Faça o transporte de seu animal de estimação com segurança.

como transportar animais em carros

Se você pretende ter a companhia do seu animalzinho de estimação no seu veículo, sendo na cidade ou em uma viagem em família, é fundamental saber como funciona o transporte de animais em carros. Isso servirá tanto para sua segurança, quanto para segurança do seu pet.

Animais de estimação estão a cada ano que passam mais presentes na vida das famílias de praticamente todo o mundo, tanto que em alguns países eles já conseguiram ultrapassar o número de crianças nos lares. Se eles já conseguiram tomar conta dos lares, imagina dos carros.


Mas o que muitos donos de animais não sabem é que fazer o transporte de animais totalmente soltos dentro do veículo, desconsiderando os equipamentos de segurança obrigatórios não é considerado uma boa prática. Sendo até mesmo proibido pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

Então, como sabe o nosso interesse aqui é auxiliar e orientar você da melhor forma possível, assim preparamos um guia completo sobre como transportar animais em carros, o que diz a lei, itens e equipamentos necessários para o transporte, cuidados e muito mais.

O que diz a lei sobre o transporte de animais em carros:

Da mesma forma que existem leis sérias e rígidas para o transporte de crianças em veículos, saiba que para transportar animais também existem, e as mesmas servem para a segurança de todos e devem ser respeitadas.


Hoje em dia é bem comum vermos pessoas passeando de carro com seus cãezinhos onde eles costumam ficar com a cabeça para o lado de fora.

Saiba então que ao permitir isso durante o trajeto você estará cometendo uma infração de trânsito, e como acabamos de citar as leis são bastante rígidas, onde as infrações variam de médias à graves onde os condutores não se livrarão de multa.

No Código de Trânsito Brasileiro (CTB) o Artigo 169 fala sobre conduzir o carro sem cuidados e sem atenção com a segurança, como por exemplo deixar o animal de estimação completamente solto dentro do automóvel.

Isso poderá ocasionar em algum momento uma distração para o condutor, onde a lei prevê multa e perda de 03 pontos na CNH por ser uma infração considerada leve.

O Artigo 235 fala sobre transportar pessoas, animais ou cargas nas partes que são consideradas externas do veículo, como em carrocerias de caminhonetes e caminhões, onde os mesmos podem ficar com a cabeça de fora.

Nesse caso a infração é considerada grave, uma multa será aplicada, e até mesmo retenção do veículo pode ocorrer. Vale uma ressalva que em alguns casos autorizados esse tipo de transporte é legal.

E no Artigo 252, o mesmo fala sobre dirigir fazendo o transporte de pessoas, algum volume ou animais à sua esquerda, ou então entre as pernas e braços. Nesse caso a infração é considerada média, onde a multa e perda de pontos na Carteira de Habilitação será inevitáveis.

Como fazer o transporte de animais em carros em segurança?

Como já deve estar imaginando, saiba que existem sim algumas medidas de segurança para transportar animais de estimação em nossos veículos.

Resumindo os pets em geral devem sempre ser transportados com o cinto de segurança peitoral, na caixa de transporte, no assento de cadeirinha ou então dependendo do porte do animal precisará de uma grade de segurança.

Assim, caso aconteça uma frenagem brusca, o animal não correrá o risco de ser arremessado contra as partes internas do carro, ou até mesmo para fora dele. Por esse motivo é importante escolher um dispositivo de segurança que seja adequado ao seu pet, confira quais são eles:

Cinto de segurança peitoral:

O cinto de segurança peitoral para animais funciona praticamente como uma guia comum, mas o mesmo é específico para ser usado somente dentro do automóvel.

O cinto deixa o animalzinho muito mais firme, fazendo com que ele não tenha tanta liberdade para ficar andando pelo banco traseiro do carro.

Caixa de transporte:

Essa é uma das formas mais seguras que existem para transportar animais no carro, principalmente se tem um gato ou um cachorro, o bichinho vai dentro da caixa, onde ela fica presa ao cinto de segurança.

Ideal para que consiga acostumar seu pet com o ambiente do carro antes de sair com ele para uma primeira viagem.

Assento de cadeirinha:

Transportar animais em assentos de cadeirinhas é somente recomendado para bichinhos que são menores, com no máximo 10 kg, o assento é uma boa pedida pros pets que não se adaptam com as caixinhas.

O assento é praticamente como um cestinho, se prendendo ao banco do veículo e animal pela coleira que existem dentro do assento.

Grade de segurança:

A grade de segurança é recomendada somente para transportar animais de grande porte, como cachorros de raças maiores por exemplo. Existem diversas opções de grades, formatos e tamanhos, mas todas elas tem o mesmo objetivo que é separar o motorista do pet.

Dicas para um transporte mais seguro e agradável:

Agora que já conhece quais são os equipamentos de segurança utilizados no transporte de animais em carros, confira algumas dicas para tornar seu passeio ou viagem ainda mais agradável pra você e pro seu bicho:

  1. Temperatura adequada;
  2. Cabeça para o lado de fora jamais;
  3. Mantenha seu animal sempre preso;
  4. Procure acostumar seu pet com seu carro;
  5. Faça um planejamento do roteiro e de paradas;
  6. Jamais deixe seu pet sozinho trancado no carro:

Transportando outros tipos de animais no carro:

Caso o seu pet não seja um cão ou um gato e sim um coelho, uma calopsita ou um hamster procure sempre fazer o transporte deles com a máxima segurança e conforto também.

No caso de pássaros use a própria gaiola dele ou então um bolsa específica de transporte de pássaros mantendo o equipamento preso ao cinto de segurança.

Se for um coelho, coloque o bichinho em uma gaiola para transporte forrando a parte de baixo dela com material absorvente, lembrando que a gaiola deve estar presa ao cinto.

E se for fazer o transporte de um hamster coloque-o em uma gaiola também, preso ao cinto e dentro da gaiola coloque pedaços de papel higiênico pro bichinho se sentir mais confortável.