Como Funciona o Sensor de Estacionamento Automotivo?

Saiba o que é e como funciona o sensor de estacionamento automotivo. Suas vantagens, tipos de sensores, instalação, regulagem e mais.

como o sensor de estacionamento automotivo funciona

Até bem pouco tempo atrás essa era uma tecnologia que estava disponível somente em veículos de luxo, mas de uns tempos pra cá esses recursos estão se tornando acessíveis à todos e já estão presentes em praticamente quase todos os automóveis. Ajudando à muitos motoristas na hora de estacionar, até mesmo os mais experientes. Mas será que você sabe como funciona o sensor de estacionamento?

O equipamento até pouco tempo poderia ser visto somente na traseira dos veículos, mas agora esse acessório que contribuí e muito na hora de estacionar também está presente na parte dianteira do carro.


E em alguns modelos até mesmo no automóvel inteiro. E até os veículos mais antigos que não veem com o equipamento de fábrica instalado pode contar com esse recurso. Bastando seu proprietário procurar um bom auto center automotivo e solicitar a instalação do mesmo.

Os sensores de estacionamento garantem mais tranquilidade e segurança aos condutores na hora de estacionar, pois eles conseguem informar com muita precisão a distância de obstáculos que por sua vez podem ocasionar em alguma colisão com outro veículo, ou com postes, paredes, pessoas, entre outros.

E para que você não tenha mais dúvidas sobre como funciona o sensor de estacionamento automotivo, resolvemos elaborar esse texto bastante completo sobre esse dispositivo. Então, fique conosco até o fim dessa leitura e saiba tudo sobre o equipamento que ajuda a facilitar e muito a você estacionar seu veículo em segurança.


O que é o sensor de estacionamento?

O sensor de estacionamento automotivo trata-se de um acessório de segurança onde o mesmo permite ao veículo reconhecer praticamente todo obstáculo que tiver tanto na parte de trás do carro como na frente.

Alguma coisa que o motorista possa não ter enxergado, e que o dispositivo irá ajudar o condutor no momento de manobrar o carro para estacionar ou dar marcha ré.

O sensor emite sinais sonoros alertando o motorista, e esses sinais aumentam o volume indicando que algum obstáculo está ficando mais próximo.

Alguns modelos de sensores de estacionamento veicular contam com Led, onde o mesmo é instalado no painel do carro auxiliando assim a fazer a identificação do quanto um obstáculo ou objeto está mais perto do veículo através de suas cores.

Assim sendo, a luz de cor verde indica que algum obstáculo ou algum objeto ainda está mais longe, enquanto a luz de cor vermelha indica maior proximidade do veículo.

Vantagens do sensor de estacionamento:

A principal vantagem que o sensor de estacionamento oferece aos motoristas está na segurança na hora de estacionar o veículo em lugares com os chamados pontos cegos.

Que nada mais são que locais que praticamente nenhum dos espelhos retrovisores conseguem captar alguma imagem. Justamente por isso, o dispositivo irá ajudar o motorista no momento da manobra evitando assim uma possível batida ou algum arranhão na pintura do carro.

E não podemos deixar de mencionar também que o sensor de estacionamento ajuda a evitar acidentes com pessoas.

Com toda certeza você já deve ter ouvido casos onde pessoas e até mesmo crianças são atropeladas sem querer é claro até mesmo dentro da própria garagem de casa por não terem sido vistas pelo motorista. Por isso ter um equipamento desse instalado no veículo é muito vantajoso.

Tipos de sensores de estacionamento:

Agora que já sabe o que é, e qual é a importância de poder contar com esse dispositivo em seu veículo, é importante que também conheça quais são os tipos de sensores de estacionamento existem no mercado.

Hoje em dia você consegue encontrar facilmente sensores para instalar no para-choque traseiro do carro e também no para-choque frontal. Conheça os tipos:

  1. Sensor ultrassonográfico;
  2. Eletromagnético;
  3. Câmera de ré com display.

Como funciona o sensor de estacionamento?

Agora que já sabe o que é, quais as vantagens, e quais são os tipos de sensores que existem, explicaremos de forma bem simplificada como o sensor de estacionamento automotivo funciona.

O sensor funciona à partir da emissão de uma frequência sonora que usa a tecnologia de ultrassom que por sua vez reflete em obstáculos, objetos e até mesmo pessoas, onde é calculada a distância entre o objeto e o veículo.

Geralmente o alerta ao motorista pode ser em forma de som, como um bip, ou luz de Led instalada no painel. E o mesmo começa a ser emitido em distâncias à partir de 1 metro e meio entre o objeto e o carro.

Instalar uma câmera de ré ou um sensor de estacionamento?

Os dois assistentes de estacionamento tem como objetivo melhorar a segurança e também a comodidade do motorista no momento de estacionar, indiferente se o sistema é através de uma câmera ou por sensores.

Mas saiba que existem algumas pequenas diferenças entre eles que poderão justificar a sua preferência entre os dois sistemas.

A câmara de ré é menos limitada que os sensores, pois em muitos casos ela consegue mostrar ao motorista do veículo alguns objetos e obstáculos relativamente baixos que muitas vezes os sensores de ultrassom podem não fazer a detecção dos mesmos.

Mas no entanto saiba que sistemas por sensores em muitos casos podem ser bem mais precisos no momento de indicar a distância dos obstáculos.

E não podemos de forma alguma deixar de mencionar alguns sistemas de câmera com má qualidade de imagem que tornam mais difícil fazer a estimativa de intervalos.