O Que o Scanner Automotivo Detecta? Entenda o Aparelho

Saiba o que é o scanner automotivo, quais são os tipos, como o aparelho funciona, para que serve e quais problemas ele identifica. Entenda porque é importante passar seu carro no scanner e muito mais.

scanner automotivo o que detecta

Com o surgimento do sistema de injeção eletrônica para veículos onde seu objetivo é deixá-los mais econômicos e também menos poluentes, surgiu então um aparelho essencial principalmente para os mecânicos que é o scanner. No entanto, quando surge algum problema na injeção do seu carro e você leva ele no mecânico o mesmo é submetido à um teste de diagnóstico para ver como está o sistema de injeção. Mas você saberia dizer o que o scanner automotivo detecta?

Está é uma ferramenta indispensável nos dias de hoje em qualquer oficina mecânica, afinal de contas ter mais agilidade na detecção de algum problema significa que ele será resolvido mais rapidamente. O que no passado poderia levar dias até que o defeito pudesse ser encontrado.


Então, como nosso interesse aqui é sempre ajudar nossos leitores, preparamos este texto explicativo para você não ter mais dúvidas sobre o que o scanner automotivo detecta, o que é o aparelho, quais são os tipos e modelos, como ele funciona e muito mais. E para saber tudo sobre o assunto te convidamos a ficar conosco até o fim desta leitura.

O que é um scanner automotivo?

O scanner automotivo é um aparelho eletrônico desenvolvido com a finalidade de detectar problemas e possíveis defeitos no sistema de injeção eletrônica dos veículos equipados com está tecnologia.

Ele também contribui com informações sobre reparos, pois o scanner consegue identificar parâmetros operacionais do carro, corrigindo em tempo real possíveis falhas.


Para que o scanner consiga se comunicar com o módulo do sistema de injeção eletrônica, ele conta com um software que consegue rastrear todos os pontos do automóvel. Depois da leitura feita ele gera um código computadorizado indicando qual é o problema existente.

O scanner automotivo é uma ferramenta essencial e indispensável nas oficinas mecânicas de todo o mundo, afinal de contas as centrais eletrônicas dos carros tem de ser acessadas de alguma forma pelos profissionais.

Tipos e modelos de scanners veiculares:

Hoje em dia é possível encontrar no mercado 03 tipos diferentes de scanners automotivos, são eles:

  1. OBD Genérico: este é o modelo de scanner mais simples que existe quando comparado com outros tipos que até mesmo conexão via bluetooth já oferecem. Este no caso serve somente para localizar informações mais básicas sobre o sistema de injeção, ele funciona através das emissões do motor do carro e de seu computador de bordo;
  2. OBD Aprimorado: versão muito mais avançada do que o modelo OBD Genérico, este tipo é capaz de scannear todo o veículo fazendo uma varredura completa em todo o sistema de alimentação para encontrar um diagnóstico bastante preciso;
  3. Scanners das montadoras: este tipo possui todas e até mais funções que o Aprimorado, mas saiba que eles são usados somente nas concessionárias de veículos autorizadas. Isso porque foram desenvolvidos para atender somente carros daquela marca em específico.

Como funciona o scanner automotivo?

Já sabendo o que é o aparelho, é essencial saber também como o scanner automotivo funciona. O dispositivo entra em ação assim que conectado com o carro recebendo informações e dados referente o sistema da injeção eletrônica e também o histórico de falhas se houver.

Desta forma, o mecânico responsável consegue identificar se os sensores do automóvel estão funcionando da forma certa ou não. Assim, o profissional poderá fazer a correção de falhas através do próprio scanner em muitos casos.

Sendo assim, o scanner identifica qual é o problema fazendo uma leitura completa no carro, e mostrando qual é a peça ou o componente que está com defeito.

O equipamento também consegue analisar coisas como por exemplo: a temperatura do ar e da água, qual o nível de consumo de combustível, carga da bateria, temperatura do carro, nível da água do radiador, rotação do veículo entre ouras coisas.

Hoje em dia praticamente todos os scanners automotivos disponíveis no mercado usam um plug chamado de OBD ou então OBD II, onde a sigla que vem do inglês “Onboarding-diagnostics” significa em português “Diagnóstico de bordo”.

Caso não saiba desta informação, todos os veículos fabricados do ano 2010 pra cá já saem da linha de montagem com este plug, pois ele é responsável por fazer a conexão entre a central do carro e o scanner captando dados e informações sobre o funcionamento do carro.

E não podemos deixar de mencionar que o dispositivo também consegue zerar o sistema, o que possibilita a criação de novos critérios e avanço de ignição no sistema de injeção eletrônica.

O que o scanner automotivo detecta?

Agora que já entendeu como funciona o scanner automotivo, conheça quais são os principais problemas que o aparelho consegue detectar em suas análises:

  • Problemas no sistema de injeção eletrônica;
  • Falhas no motor;
  • Marcha lenta;
  • Dificuldade para dar a partida;
  • Consumo de combustível do veículo;
  • Temperatura da água e do ar;
  • Temperatura do automóvel;
  • Carga da bateria;
  • Nível da água do radiador;
  • Rotação do carro;
  • Distância total percorrida.

Tenha em mente que a grande maioria dos defeitos e problemas encontrados nos carros através do diagnóstico feito pelo scanner são provenientes de combustível de qualidade ruim.

Sendo assim, aqueles sensores que tem contato direto com o combustível de má qualidade são sempre os mais prejudicados.

E por este motivo, é bastante comum de se encontrar nos resultados da leitura do scanner problemas na sonda lambda que é o sensor de oxigênio do veículo, nos bicos injetores do sistema de injeção e nas velas de ignição.

E não podemos deixar de mencionar que o aparelho não está disponível somente para carros, mas sim para motos, caminhões, ônibus, enfim, todo veículo automotor que tenha injeção eletrônica.

Por que fazer um diagnóstico no meu carro?

Existem muitos motivos para passar seu carro no scanner, e o principal deles se chama cuidar do veículo, pois através da leitura e do rastreamento do dispositivo é possível evitar muitos problemas futuros. Desta forma, não deixe de fazer manutenções preventivas no seu automóvel regularmente.

Fazendo as devidas manutenções com frequência você está garantindo mais tempo de vida útil para o carro, já que o problema é solucionado mais rapidamente com a ajuda do scanner.

Outro motivo para passar seu carro no scanner e obter um diagnóstico preciso é que assim conseguirá reduzir o tempo de manutenção do veículo, já que o teste pode mostrar problemas imediatamente. O que antes poderia demorar muito tempo para ser encontrado.

E saiba também que submeter seu carro à um diagnóstico pode reduzir o custo com manutenções, como o aparelho consegue localizar as peças e sensores com defeito, só serão trocadas por outras às que realmente estiverem danificas.

Quais as principais vantagens os scanners automotivos oferecem para oficinas e clientes?

Como acabou de ler, fazer manutenção regularmente e passar o automóvel no scanner é essencial para garantir o bom funcionamento do mesmo.

E como pode perceber também ao longo desta leitura, o equipamento eletrônico oferece muitas vantagens tanto para os proprietários de carros que tem seus veículos consertados mais rapidamente pois foram diagnosticados com mais precisão.

Mas ele oferece também muitas vantagens para os donos de oficinas mecânicas, que conseguem agilizar seu atendimento com a rapidez e a precisão do diagnóstico certeiro.

Então, confira quais são as principais vantagens que o equipamento oferece para donos de automóveis e proprietários de oficinas:

Oficinas:

  • Diagnóstico preciso: o scanner automotivo fornece informações precisas sobre problemas nos veículos, economizando tempo na identificação de falhas;
  • Eficiência: a rápida detecção de problemas permite que as oficinas realizem reparos mais eficientes e econômicos;
  • Redução de erros: ele ajuda a evitar erros humanos no diagnóstico, garantindo que todos os problemas sejam identificados;
  • Maior satisfação do cliente: reparos mais rápidos e precisos resultam em clientes mais satisfeitos;
  • Manutenção preventiva: pode ajudar a identificar problemas em estágio inicial.

Clientes:

  • Transparência: os clientes recebem informações detalhadas sobre o estado de seus veículos, o que faz aumentar a transparência no processo de reparo e conserto;
  • Economia de tempo e dinheiro: reparos mais rápidos e mais precisos significam menos tempo de inatividade do carro e custos mais baixos a longo prazo;
    Conveniência: os clientes têm a tranquilidade de saber que seus veículos estão sendo cuidados por profissionais que utilizam tecnologia avançada.

De forma resumida podemos dizer então que o scanner automotivo beneficia oficinas tornando os diagnósticos mais precisos e eficientes, enquanto proporciona aos clientes transparência, economia de tempo, dinheiro, e maior segurança em relação aos seus veículos.