Quais os Tipos de Seguros Para Carros? Conheça Quais São

Conheça quais são os tipos de seguros para automóveis. Saiba porque é importante fazer a contratação de um para seu carro. Como contratar, quais são os diferentes tipos. O que você pode fazer para baratear o seguro. Como escolher o mais adequado para você. Lista das melhores empresas de seguro veicular e mais.

tipos de seguros para carros

Se está pensando em comprar um carro, saiba que fazer a contratação de uma proteção é mais que essencial, afinal de contas os números de casos de acidentes, roubos e furtos são assustadores. Mas antes de você assinar um contrato é fundamental que conheça quais os tipos de seguros para carros que existem, assim poderá adequar o mesmo as suas necessidades.

Tenha em mente que mesmo assinando o contrato com a empresa de seguros esperando que jamais irá necessitar fazer uso do serviço vale lembrar que estar prevenido é sempre o melhor remédio. Em outras palavras, vale a pena poder contar com a proteção veicular se por ventura acontecer alguma coisa com o seu automóvel.


E se por acaso não vier a acionar o seu seguro, saiba que poderá contar com um belo desconto no momento de renovar a apólice. Como você mesmo já sabe, carros não são bens baratos, pelo contrário, justamente por esse motivo poder contar com a proteção de um seguro automotivo é essencial.

Então, para você contratar uma proteção para seu automóvel que se adeque as suas necessidades, preparamos esse texto para tirar todas as suas dúvidas sobre quais são os tipos de seguros para carros que existem. Por isso, fique conosco até o final dessa breve e importante leitura.

Por que é importante contratar um seguro para o carro?

Em primeiro lugar, poder contar com um seguro automotivo é extremamente importante, o mesmo permite ao proprietário do veículo transferir o risco sobre o seu veículo.


De forma resumida, você simplesmente faz a contratação de uma empresa para que a mesma se responsabilize por possíveis ocorrências que por ventura possam ocorrer comprometendo assim o seu bem.

Aqui no Brasil ela é mais que uma necessidade, principalmente para quem usa o carro como ferramenta de trabalho como é o caso dos motoristas de aplicativos. Ou por consumidores que estão comprando o primeiro carro.

Assim sendo, o seguro tem como objetivo promover mais segurança e tranquilidade para seus donos, que não terão a necessidade de arcar com custos altos para consertar seu carro, ou então de enfrentar um sinistro sozinho.

O mesmo também é importante até mesmo pros condutores que dirigem defensivamente, afinal de contas sabemos que é praticamente impossível ter controle sobre imprevistos associados à outros condutores, e não podemos deixar de mencionar a ação de criminosos.

Quais os tipos de seguros para carros?

O tipos de seguros para automóveis que estão disponíveis atualmente pros consumidores não costuma mudar de uma empresa de seguros para outra, pois ambas oferecem as coberturas consideradas básicas estipuladas pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

Em suma, as seguradoras oferecem ao contratante os mesmo tipos de cobertura, diferenciando somente alguns serviços ou pequenos detalhes.

No momento de fazer a contratação da proteção para seu carro, é importante avaliar bem a cobertura que deseja, adquira as proteções que realmente são necessárias e elimine aquelas que por ventura cobrem situações no qual você nunca irá passar.

Como por exemplo, na cidade onde você reside não acontece inundações, então fazer a contratação da cobertura para esse sinistro é completamente desnecessário.

Mas não deixe de levar em conta no momento de fazer a contratação optar por contratar o maior número de coberturas, afinal de contas sairá mais barato que ter de arcar sozinho com prejuízos causados por algum tipo de sinistro.

Por isso, é importante saber quais são os tipos de seguros para carros que existem, que são eles:

Seguro compreensivo ou completo:

O tipo de seguro compreensivo que também é conhecido por muitos como seguro total, ou então seguro completo é praticamente o que oferece pros consumidores as coberturas que são mais amplas que o seguro auto comum e o contra roubo e furto.

O tipo de cobertura compreensiva ou completa tem a finalidade de cobrir o segurado em casos de incêndio, colisão, roubo, furto e até mesmo danos causados pela natureza.

Mas não podemos deixar de mencionar que nesse tipo de seguro não são indenizadas coberturas para acessórios, com aparelhos de som e rodas esportivas.

Seguro contra furtos e roubos:

Esse é o tipo de seguro mais simples que é oferecido pelas empresas de seguros de veículos, o mesmo irá cobrir riscos em casos de furto ou roubo, e geralmente o segurado recebe a sua indenização integral conforme o valor de seu veículo na tabela Fipe.

E em alguns casos a indenização poderá corresponder a um valor já estabelecido em contrato anteriormente, no momento da contratação.

E como esse tipo de seguro é o mais simples de todos oferecido pelas seguradoras, ele também é o mais barato de todos.

Seguro básico:

O seguro do tipo básico é praticamente a modalidade de proteção veicular mais contratada no Brasil, o mesmo tem a participação do segurado no pagamento de danos em casos de acidente, que é conhecida como franquia.

Nesse tipo de seguro a franquia já é pré-determinada na apólice no ato da contratação do mesmo.

Então, suponhamos que você tenha uma franquia de r$ 2 mil reais, e para consertar seu veículo que sofreu uma colisão a oficina responsável pelo conserto cobrará r$ 5 mil reais, você então pagaria a franquia para a empresa de seguros, e eles terão de efetuar o pagamento do valor total para o oficina consertar o carro.

E saiba que nesse tipo de seguro existe a cobertura também para casos de furto e roubo, é claro que cumprindo as regras do seguro contra furto e roubo, assim sendo se o automóvel não for encontrado, e se por ventura for e tiver sofrido danos que tenham valor maior que 75% do valor do veículo.

Seguro contra terceiros:

O seguro contra terceiros é um tipo de cobertura que tem como objetivo indenizar dentro do valor estabelecido na apólice danos causados em outro veículo e pedestres.

Com esse tipo de cobertura será possível fazer o acionamento da seguradora contratada para pagar o conserto do automóvel que sofreu a batida, mas não o conserto do carro do segurado, e também pagar a indenização aos pedestres fazendo com que você poupe com altos gastos logicamente inesperados.

Essa modalidade de seguro também é conhecida como Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V). Resumidamente trata-se de uma proteção contra colisões que você possa ocasionar em outros veículos.

Seguro de acidentes para passageiros (Seguro APP):

O tipo de seguro de acidentes pessoais a passageiros é bastante comum entre pessoas que trabalham com o transporte de passageiros, podendo ser elas motoristas de aplicativos, taxistas e motoristas de vans que transportam alunos.

Legalmente todos esses profissionais são obrigados a contar com essa modalidade de seguro. Não podemos deixar de mencionar que a cobertura para esse tipo de seguro é somente pros passageiros do veículo que está segurado, então desconsidere consertos ocasionadas por batidas no veículo.

Para ter uma cobertura mais completa, nesse caso o ideal é associar o seguro APP ao seguro básico, ou então o compreensivo.

Seguro contra desastres:

Esse é o tipo de seguro menos procurado aqui no Brasil, isso porque a cobertura do mesmo depende de situações que são mais específicas, por isso ele é muito mais comum em lugares que oferecem riscos bem maiores.

O seguro contra desastres irá proteger seu veículo contra danos materiais causados por explosões, raios, enchentes, nevascas, incêndios entre outra situações parecidas com esses citadas.

Perda total:

Caso não saiba, a perda total só acontece quando o automóvel não pode ser recuperado, ou então quando o custo para efetuar o conserto for maior que 75% do valor do bem. Dessa forma a empresa de seguros irá fazer a indenização para o dono do veículo integralmente.

Essa é uma cobertura essencial para praticamente todos os proprietários de veículos, pois ela irá impedir nesse caso que o dono do veículo perca seu patrimônio em situações de roubo e sinistro sem recuperação.

Seguro adicional:

As coberturas adicionais tem com objetivo proteger seu veículo em circunstâncias que são mais específicas, e elas podem ser facilmente associadas a qualquer tipo de seguro mencionado até o momento.

Essa é uma opção de poder personalizar ainda mais a sua proteção. E entre as opções adicionais de cobertura podemos citar as seguintes:

  • Cobertura de alguns acessórios do carro, como por exemplo o som automotivo;
  • Poder contar com um carro reserva;
  • Cobertura para faróis e vidros;
  • Cobertura para o kit GNV;
  • Proteção para o teto solar;
  • Proteção da carroceria do veículo;
  • Seguro para a blindagem do automóvel;
  • Diárias em hotéis se por ventura o veículo apresentar problemas fora da cidade onde o segurado reside;
  • Lucros cessantes, cobertura essa ideal para taxistas que irão receber uma indenização pelo período de tempo que o carro ficar indisponível pra ele;
  • Carta verde, esse é o seguro para o automóvel em países da América Latina.

Como escolher o tipo de seguro ideal para meu carro?

Agora que já sabe quais os tipos de seguros para carros que existem no mercado brasileiro, é essencial saber também como fazer a escolha certa, por isso antes de assinar o contrato da proteção é importante levar alguns pontos em consideração.

Pontos sobre como você usa o seu veículo, e pra que usa, se usa somente à passeio ou à trabalho, qual o horário que mais utiliza o seu automóvel, qual é o índice dos números de violência de sua cidade e região.

Contendo essas informações, será muito mais fácil fazer uma elaboração mais adequada de qual será o melhor tipo de seguro para você.