Como Escolher Um Som Automotivo? Melhores Dicas

Confira neste artigo as melhores dicas de como escolher um som automotivo para o seu carro. Saiba se vale a pena investir em um som, conjuntos de som personalizados e pré-definidos. Tipos de som, tipos de alto-falantes, potência, bateria e quais são as melhores marcas de aparelhos de som.

como escolher um som para o automóvel

Para você que deseja melhorar a experiência de áudio do seu carro, saber como escolher um som automotivo de qualidade é essencial, ainda mais nos dias atuais que o mercado oferece uma grande variedade de produtos e tecnologias diferentes.

Como existem diversas marcas e modelos com muitos recursos disponíveis a venda, tenha em mente que é necessário fazer a escolha de um som que irá combinar da melhor forma possível com o seu modelo de carro, levando em consideração sempre o custo-benefício.


A música já faz parte e está presente nas nossas vidas à muito tempo, por isso ter em seu automóvel um som automotivo de boa qualidade poderá deixar suas viagens e também o seu dia a dia no trânsito bem mais agradável. Afinal de contas a música é uma ótima companhia sempre.

E foi pensando em você nosso leitor, que decidimos redigir esse texto para te ajudar a escolher um som automotivo para seu carro. Então fique conosco até o fim dessa leitura para conseguir escolher um bom som que te agrade.

Quais são os tipos de sons para carros?

Hoje em dia com o avanço da tecnologia existem diversos tipos diferentes de aparelhos de som automotivos com características diferentes e que atendem também a públicos diferentes.


Pois existem consumidores que desejam apenas um aparelho mais básico para ouvir suas músicas e se distrair um pouco no trânsito. Mas existem também pessoas que desejam os modelos de som mais potentes e com mais recursos e funcionalidades.

Conheça quais são os principais tipos e modelos:

  1. CD Player;
  2. DVD Player;
  3. Bluetooth e rádio;
  4. Central Multimídia.

Quais são os tipos de alto-falantes automotivos?

Os alto-falantes, que também são conhecidos como transdutor, é o componente que irá transformar o impulso elétrico que vem do sistema do som automotivo em ondas sonoras de ar.

O mesmo é constituído por um cone, diafragma, tripé e suspensão. Esse itens juntos formam os alto-falantes, que são eles:

  1. Woofer;
  2. Subwoofer;
  3. Mid-range;
  4. Tweeter.

Potência para som automotivo:

A potência de um som para carros é um componente que costuma variar muito, justamente por esse motivo tenha muita atenção à respeito dessa informação, principalmente conforme for o uso que ira fazer com o seu som.

A potência é medida em Watts RMS, significando o quanto o aparelho consegue preservar a harmonia do som. Por isso quanto maior for a potência, muito mais clareza e melhor desempenho terá o som.

Assim sendo, nos dias atuais podemos encontrar aparelhos que variam de 3W até 50W em média, mas saiba que para você poder escolher o melhor som, antes é necessário saber também qual será a sua finalidade de utilização.

Para o dia a dia, e para encarar o trânsito da sua casa para o seu trabalho, e para passeios rotineiros uma potência de 20W é perfeita. Mas se deseja um som com muitos efeitos sonoros e mais detalhes, escolha uma potência que seja maior que 20W.

Qual bateria escolher para o som do carro?

Tenha em mente que a quantidade de energia que a bateria do automóvel tiver é essencial para a escolha que irá se adequar ao limite da potência de todo o seu sistema.

Na grande maioria dos carros a amperagem de uma bateria original costuma ser de 45 a 60 amperes. Mas saiba que boa parte de sua carga é utilizada pelos componentes elétricos já existentes no veículo.

Então, se você usar um módulo amplificador, o mesmo faz uso de cabos que geralmente são bastante compridos que causam perdas de energia. Por isso, podemos dizer que terá disponível somente uma média de apenas 30% da energia da sua bateria original.

Mas esse é um problema que pode ser facilmente solucionado, basta trocar a original por uma que seja mais forte e potente, ou então instalar uma bateria auxiliar, que nesse caso seria o mais recomendado.

Ao usar uma bateria reserva, você consegue aumentar o nível de segurança e do desempenho, pois aquele problema de pouca amperagem será resolvido e essa bateria fica instalada bem próxima do módulo amplificador, reduzindo perdas com uso de longos cabos.

Sem falar que com uma bateria auxiliar, existe um ganho na segurança, pois todo o sistema elétrico sonoro se separa.

Como escolher um som automotivo?

Agora que já sabe quais são os tipos de som, os tipos de alto-falantes, sabe sobre potência e bateria, preparamos 5 dicas úteis para você levar em conta na hora de comprar um som automotivo.

Confira quais são elas:

  • Pesquise antes de comprar: jamais faça uma compra de forma precipitada, realize sempre uma boa pesquisa antes, pois isso irá ajudar você a escolher uma loja de confiança que comercializam equipamentos e produtos originais, e que ofereçam condições de pagamento que cabem no seu orçamento. E não se esqueça que a pesquisa irá contribuir para você encontrar um som que se adequa as suas necessidades, e também ao perfil do seu veículo;
  • Leve em consideração a potência do som: como já mencionado e um tópico anterior, a potência do som é essencial e deve sim ser levada em conta no momento da escolha. Pois quanto maior a potência, maior também será o volume do seu equipamento de som. Então se a sua ideia é montar um som potente quanto maior a potência melhor. Sem falar que a mesma também implica diretamente na qualidade do áudio reproduzido. Considere sempre a potência em RMS, pois ela será a responsável por revelar a distância que o som alcançará. Isso não somente em volumes de pico, como a PMPO, considerada por muitos como somente uma estratégia de marketing para vender o som para o consumidor;
  • Sempre faça uma análise das especificações técnicas: essa é uma dica muito importante quando for escolher o som para seu carro, jamais deixe de analisar quais são as especificações técnicas, pois conhecendo elas poderá avaliar qual é o tipo de equipamento que corresponde as suas necessidades. Mesmo que sua intenção for adquirir um som para ouvir suas músicas no dia a dia, ele tem de ser de qualidade, alto-falantes de boa potência e áudio sem nenhum ruído. E se for montar um som para competições, considere então nesse caso opções como Subwoofer, Woofer e Módulos;
  • Avalie sempre quais são os tipos de mídias que os aparelhos suportam: como já sabe, existem diversos tipos de aparelhos que oferecem entradas para pen drive, DVD, CD, bluetooth, cartão de memória. E as músicas reproduzidas nesses aparelhos normalmente são no formato MP3, mas saiba que eles também podem suportar outros tipos de formatos. Por isso opte por comprar em equipamento de som que aceite os mais variados formatos;
  • Considere o custo-benefício: pagar menos com toda certeza é um diferencial na hora da compra, mas na grande maioria das vezes pode acabar não compensando comprar um equipamento de som barato demais. Então fique atento a propagandas enganosas que oferecem aparelhos repletos de recursos e de alta qualidade, por isso se o preço está abaixo do praticado no mercado desconfie para não cair em golpes. De prioridade ao custo-benefício, confira quais são as vantagens que o produto desejado oferece, mesmo que tenha de pagar um pouco a mais por ele.