Como Lavar o Motor do Carro? Melhor Maneira e Dicas

Melhores dicas de como lavar o motor do seu carro. Produtos para usar, cuidados a serem tomados e muito mais para manter seu motor limpo.

como lavar o motor de um carro

Mesmo nos dias de hoje com informações por todo lado em diversos tipos de mídias muitas pessoas ainda não sabem como lavar o motor do carro da forma certa, e acabam se perdendo nessa hora de grande importância. Visto que se a lavagem for feita da forma errada, poderá até mesmo prejudicar até mesmo o bom funcionamento do veículo.

E se possui um automóvel, provavelmente deve então ter o hábito de lavá-lo, tanto internamente, limpando seus estofados, quanto externamente, onde em muitos casos, lava-se também o motor. Existem diversos meios de fazer isso, que incluem lava-rápidos e empresas especializadas em higienização automotiva, lavagens caseiras ou até mesmo a conhecida lavagem a seco.


Se você é uma dessas pessoas com dúvidas sobre como proceder na hora de lavar o motor do seu carro, saiba que esse texto é foi feito exatamente pensando em você. Pois nele, iremos falar um pouco mais da importância de se ter uma boa higiene em seu carro, bem como algumas dicas importantes de como fazer essa lavagem do motor, de modo a evitar problemas com o funcionamento do mesmo.

Então, para que você não perca nada a respeito de tudo que reunimos sobre este tema, é recomendável que fique conosco até o fim dessa leitura, e desse forma possa tirar todas as dúvidas.

Quais itens usar para fazer a lavagem?

Antes de mais nada, para efetuar a lavagem do motor de um carro, é importante separar todos os itens que serão usados nessa tarefa.


E pra isso é necessário que o proprietário do veículo opte por não fazer improvisos de materiais de limpeza que não podem e não devem ser usados, porque isso poderá acabar danificando alguns dispositivos mecânicos do veículo.

Os principais itens que devem ser utilizados na hora de fazer essa higiene são:

  • Sabão, de preferência neutro;
  • Uma esponja comum;
  • Água limpa;
  • Um pano úmido.

Vale ressaltar a ideia de não usar querosene ou qualquer outro tipo de produto abrasivo, pois podem eles também poderão causar algum tipo de defeito no motor.

Para evitar qualquer tipo de incidente ou machucado, é ideal que você utilize luvas de borracha, pois elas são excelentes para proteger as mãos, ainda mais na hora de limpar as partes que são pontiagudas entre as peças e mangueiras do motor.

Tenha bastante atenção em relação à temperatura do veículo:

Embora muita gente deixe de prestar atenção nesse detalhe por mais simples que ele possa parecer ser, saiba que a temperatura do motor é a primeira coisa que você deve verificar antes de iniciar a lavagem do mesmo.

Fazer essa verificação é importante porque no momento em que a água fria entra em contato com as peças, sensores, mangueiras entre outros itens que compõem um motor, as mesmas poderão sofrer um choque térmico e ficarem com o seu funcionamento comprometido.

Sem falar no grande risco de se machucar com as queimaduras que poderá sofrer ao tocar em alguma parte quente do motor. É por isso que especialistas indicam que deve-se evitar lavar o motor do carro com ele quente.

O ideal é esperar até que ele esteja totalmente frio, para então começar a lavagem, dessa forma, aguarde um pouco antes de começar o processo, evitando não apenas um machucado, mas também prejuízos caso algum peça apresente algum problema após a lavagem.

Isole todas as peças sensíveis do motor antes de começar a sua lavagem:

A próxima etapa é isolar os componentes sensíveis sob o capô, especialmente os componentes elétricos e eletrônicos, inclusive os que compõem a injeção eletrônica.

É bastante importante que os mesmos não tenham nenhum contato com os produtos utilizados na lavagem, como por exemplo a água e o sabão. Alguns exemplos de componentes sensíveis incluem:

  • Bobinas de ignição;
  • Velas;
  • Baterias do carro e seus terminais, entre outros componentes.

Para fornecer essa proteção, coloque um plástico ao redor desses itens e certifique-se de que eles não vão se molhar. Se você não conhece muito de mecânica de automóveis, e não sabe como encontrar essas peças para poder isolá-las antes da lavagem.

Recomendamos então que leve o seu veículo a um profissional para que ele limpe o motor do mesmo corretamente e sem riscos.

Preste atenção a pressão da água:

A pressão da mangueira a ser utilizada pode danificar certas partes do motor, principalmente aquelas mais sensíveis, e como já dissemos, esse é um processo um tanto delicado e que exigirá certos cuidados para não danificar nenhuma parte ou peça.

Por esse motivo a nossa dica e recomendação é use somente mangueiras tradicionais simples com baixa pressão.

Hora de lavar o motor do carro:

Para limpar, mova-se com cuidado e atenção, o objetivo disso é que nenhum componente, sensor ou peça seja solto. Então, procure manusear os itens usados na limpeza com muita calma e atenção, pois a limpeza do motor do carro é uma coisa muito importante.

Certifique-se de que todas as peças estão limpas e enxágue suavemente com água, não borrife diretamente ou com muita força, seque com um pano limpo e seco.

Se quiser comprar par ver se eles realmente funcionam, hoje em dia existem produtos de estética e limpeza automotivos específicos que podem clarear as manchas do motor.

Além disso, como já mencionamos anteriormente, é interessante evitar o uso de produtos abrasivos na hora de esfregar, isso porque, ao fazer isso você poderá comprometer toda a estrutura do seu motor, inclusive danificando alguns componentes eletrônicos.

O melhor a se fazer é usar um pano liso e fofo, bem como água limpa e doce (da torneira do jardim ou quintal mesmo), produtos específicos para a limpeza e ter muita paciência na hora em que estiver fazendo o trabalho.

Finalizando a limpeza:

Após realizar toda a secagem, use um pano completamente seco para remover todo o plástico dos componentes elétricos, esse processo é suficiente para a limpeza do motor.

Mas se ainda houver restado alguma sujeira, recomendamos que leve o automóvel a um local especializado em higienização automotiva.

Alguns lava-jatos são especialistas em fazer esse tipo de lavagem e utilizam componentes especiais para fazer o serviço, entretanto, você só precisa levar seu veículo centros estéticos especializados caso seja a última opção a ser feita.

Isso porque, com as simples dicas que mencionamos acima, é possível fazer uma excelente lavagem, que irá cumprir com o necessário  mantendo o bom funcionamento do mesmo.

Quais produtos podem atrapalhar?

Para aqueles com o hábito de utilizar produtos ácidos em seu veículo na hora de lavar o motor, saiba que isso jamais deve ser feito.

Isso porque, ao utilizar sabão em pó, solvente, querosene e desengraxante, você estará ressecando as correias e mangueiras de borracha do motor, o que poderá causar sérios problemas futuramente, fazendo com que você gaste muito dinheiro para corrigir esses problemas.