Como Vender Um Carro Com Segurança? Melhores Dicas

Confira neste texto as melhores dicas de como vender um automóvel em segurança, evite dores de cabeça e problemas futuros após a venda.

como vender um automóvel com segurança

Se você está pensando em desfazer do seu veículo, indiferente do motivo e se o automóvel é usado, seminovo, ou até mesmo um praticamente zero km que acabou de tirar da concessionária e rodou bem pouco, então precisa saber algumas importantes dicas de como vender um carro com segurança.

Fazer uma negociação segura sem levar prejuízo é uma dúvida que a grande maioria dos proprietários de carros tem, afinal de contas trata-se do seu dinheiro que ralou para conquistar e investiu nesse bem com grande esforço. Justamente por esse motivo tomar cuidados na hora de vender é essencial para evitar dores de cabeça.


Saiba que pequenos detalhes poderão fazer com que o comprador interessado desvalorize o seu carro na hora da negociação, e para você diminuir as possibilidades disso acontecer, e fazer com que o mesmo seja valorizado na hora da venda, que com toda certeza chegará um dia alguns cuidados são importantes.

E como nosso interesse aqui é sempre ajudar você, então preparamos um guia completo com dicas essenciais de como vender carros com segurança, valor de revenda, documentação, revisão, transferência, dicas contra golpes e muito mais.

Dicas de como vender um carro com segurança:

Então, vamos ao que interessa, que é saber quais procedimentos são necessários para vender um veículo em segurança, e assim evitar cair em golpes de falsos compradores nesse tipo de negociação, confira:


Saiba qual é o valor de revenda de seu carro:

A melhor de todas as formas para saber qual é o valor de revenda de seu veículo é consultar o preço médio do mesmo modelo na tabela Fipe, essa tabela irá te auxiliar a fazer uma melhor negociação. Pois ela é uma referência para ajudar na definição de preços.

Não importa se o carro será vendido ai na sua cidade, ou para outro estado, a tabela irá te auxiliar, e vale lembrar que os compradores também usam ela para pesquisar informações e saber se o preço cobrado pelo vendedor está dentro da faixa de negociação do mercado.

Verifique se a documentação do veículo está em dia:

Para vender seu carro com segurança procure organizar da melhor forma possível os documentos relacionados à ele, e procure verificar se estão todos devidamente atualizados, além de evitar problemas futuros isso irá ajudar na negociação.

Então verifique se o IPVA está atrasado, o licenciamento anual e todos os outros documentos, dessa forma o processo de transferência também será mais ágil para ambos, tanto pro vendedor quanto para o comprador.

Procure fazer uma revisão completa antes de vender:

Leve seu carro até uma oficina mecânica de sua confiança para fazer uma verificação e se necessário uma revisão nos principais itens do veículo como por exemplo as pastilhas de freio, a troca de óleos e filtros, verifique os pneus, o alinhamento e o balanceamento, os amortecedores, a bateria entre outros.

Guarde sempre todos os comprovantes e notas fiscais das peças, itens e componentes que foram trocados para apresentar ao comprador interessado, isso poderá ajudar a valorizar ainda mais seu carro na revenda, assim conseguirá um melhor preço.

Realize uma perícia automotiva:

Se possível realize uma perícia automotiva, ela servirá para comprovar que o automóvel tem um boa procedência, muitas empresas prestam esse tipo de serviço hoje em dia.

Depois do carro passar pela perícia que leva em torno de 30 a 40 minutos em média, será emitido um laudo técnico com todas as informações do veículo e todo o seu histórico. Lembrando que o custo também não é alto e pode ajudar a valorizar o bem.

Preocupe-se com o visual do carro:

Como já deve imaginar, nenhuma pessoa gosta de comprar um carro que esteja desleixado, por esse motivo antes de anunciá-lo a venda de um trato nele, limpe os estofados, de uma boa lavada na parte externa e não se esqueça de um bom polimento para melhorar a aparência da pintura. Limpe os vidros por dentro deixando-os límpidos e transparentes.

Um interior bem cuidado e conservado vai ajudar muito na hora de vender o carro, cuidado também com bancos de couro, eles não podem estarem ressecados. Então, antes de mostrar seu veículo para compradores interessados dê uma boa geral nele.

Originalidade:

Para conseguir vender seu carro mais facilmente procure deixá-lo o mais original possível como ele saiu de fábrica, caso tenha instalado algum acessório nele que modifique seu visual é recomendado que remova. Talvez somente uma película automotiva não haverá problemas.

Pode ser que você até tenha investido em algum acessório pra deixar o visual do carro mais legal como um jogo de rodas e pneus caros por exemplo, que são itens não originais do veículo. Mas saiba que muitos desses acessórios tendem a baixar o preço do seu carro na hora da venda.

Se preciso faça pequenos reparos ou consertos:

Verifique também se alguns itens como retrovisores não estão quebrados precisando serem trocados, ou uma pequena pintura nos para-choques para eliminar pequenos riscos.

Isso com toda certeza fará diferença e ajudará a valorizar o seu carro na hora de revender. Faça orçamentos em busca de melhores preços pra esses pequenos consertos simples.

Jamais omitir informações sobre o automóvel:

De maneira alguma emita alguma informação sobre o veículo que está vendendo, afinal de contas as pessoas não gostam nada de serem enganadas.

Por isso quando for anunciar seu carro a venda faça um anúncio completo e detalhado e não omita informações como problemas com documentação, multas, manutenções que o veículo precisa, etc. Tudo isso vai ajudar a evitar dores de cabeça no futuro.

Anuncie o carro a venda:

Quando for fazer o anúncio de venda na internet não se esqueça que a primeira impressão é a que fica gravada na mente das pessoas, nesse caso a dica é como já mencionamos uma boa limpeza para depois caprichar nas fotos. Tire fotografias dos acessórios do carro, da parte interna, da parte externa, enfim de todo o veículo, quanto mais fotos melhor.

Vale ressaltar que compradores gostam de vendedores que cuidam dos seus carros, por isso um motor limpo e a parte externa tinindo pode ajudar a valorizar ainda mais o automóvel na hora da negociação.

Negocie em locais públicos:

Fique atento a sua segurança, depois que anunciar o carro a venda obviamente que compradores interessados irão aparecer, mas cuidado ao combinar o local de encontro com o possível comprador, jamais marque em sua casa.

De sempre preferência por lugares públicos, em estacionamentos de supermercados e shoppings que contam com seguranças e com câmeras de segurança também.

E claro sempre estão repletos de gente que podem ajudar a amedrontar um possível golpista. E outra dica valiosa, jamais vá sozinho, convide algum amigo pra acompanhá-lo.

Jamais fazer a transferência de documentos antes de receber a venda:

Se realmente está interessado em aprender como vender carros com segurança, esse é um dos principais pontos para o sucesso da negociação, e que requer atenção, jamais faça a transferência da documentação do carro para o comprador antes de receber o dinheiro da venda. Não cometa esse erro.

Peça para que o valor seja depositado ou transferido pra sua conta bancária, e somente depois de conferir o seu extrato e ver que o dinheiro está lá inicie então o processo de transferência.

Sempre faça a transferência da venda em cartório:

Como sabe a transferência do veículo vem logo depois da venda, a mesma deve ser realizada pelo novo dono em um prazo máximo de 30 dias conforme normas do Detran de cada estado.

A transferência tem um custo e deve sempre ser feita em um cartório, e na prática o vendedor pode sim reconhecer firma antes do comprador. Se desejar pode transferir em um despachante conveniado ao Detran ai em sua cidade.

Caso a transferência de propriedade não seja concretizada dentro do prazo de 30 dias, então o antigo proprietário do veículo pode pedir o bloqueio do carro por não transferência até a mesma ser efetuada.

E como consequência o comprador perderá pontos em sua CNH, e também receberá uma multa. Então se deseja evitar problemas futuros certifique-se de oficializar a transferência de forma legal.

Transfira ou faça a solicitação do cancelamento do seguro:

Caso o seu carro possua seguro automotivo, então saiba que esse item deve ser incluso na sua lista de dicas de como vender um carro em segurança, vende-lo para outra pessoa não cancela e nem transfere o seguro automaticamente.

Por isso contate a sua seguradora e peça o cancelamento do mesmo, ou peça a transferência se já tiver comprado outro automóvel.

Tome cuidado com golpes financeiros:

Falcatruas financeiras são mais comuns do que você possa imaginar em todo tipo de compra e venda de bens, em caso de venda de veículos, um que é frequentemente aplicado pelos golpistas é o depósito bancário com envelope vazio.

O comprador avisa o vendedor que já efetuou o depósito e manda o comprovante pra ele, mas como o sistema bancário só registrará a transação financeira depois, então até saber que o envelope estava vazio o seu carro já era.

Outro golpe bastante aplicado é o do agendamento da transferência bancária entre contas, o mesmo é feito de forma eletrônica, o comprador golpista agenda, envia o comprovante pro vendedor, mas em seguida o comprador farsante acessa o APP novamente e faz a solicitação do cancelamento do agendamento. Até você verificar sua conta novamente seu carro foi levado pelo farsante.