Como Fazer Manutenção Preventiva Em Carros? Guia Básico

Saiba o que é, qual a importância, e quando deve ser feita a manutenção preventiva de um automóvel. Entenda a diferença entre ela e a manutenção corretiva. Saiba quais são as vantagens, checklist e mais.

como fazer a manutenção preventiva em automóveis

Os proprietários de veículos devem ter em mente que é de extrema importância manter ele sempre em ótimo estado, pois pequenos consertos e reparos podem sim evitar sérios problemas futuros. Sem falar que cuidados nunca são demais, e dessa maneira estará garantindo a sua segurança, e a segurança dos ocupantes também. Mas será que você sabe como fazer manutenção preventiva em carros?

A grande maioria dos donos de carros pensam que cuidar do seu veículo pode ser difícil, mas sabemos que isso não passa de uma grande inverdade, pois as manutenções preventivas em um automóvel são essenciais e simples de serem feitas. E que essa é a melhor maneira e também a mais barata de conseguir manter seu carro sempre em perfeito funcionamento.


Então, preparamos para você esse guia completo com as melhores dicas de como fazer a manutenção preventiva em carros, o que ela é, por quê fazer, qual a sua importância e muito mais para você cuidar do seu automóvel da melhor maneira.

O que é a manutenção preventiva?

Não é nada difícil de entender o que significa a manutenção preventiva em carros, o próprio nome já diz tudo, nada mais é que a verificação de peças, componentes e itens fundamentais para o bom funcionamento do veículo. Essa é a melhor maneira de conseguir fazer a antecipação de defeitos, problemas, quebras entre outros.

Saiba que o tempo pra que essas revisões sejam realizadas não são feitas aleatoriamente, geralmente no manual do proprietário é possível saber mais detalhadamente quanto aos períodos das revisões e manutenções de muitos itens.


Esses períodos de tempo para as preventivas são baseados sempre em estudos e testes de durabilidade que são realizados pelas montadoras e fabricantes.

Qual é a importância da manutenção preventiva em carros?

A grande maioria dos donos de carros geralmente o tratam como um verdadeiro membro da família, mas os mesmos também esquecem da importância das manutenções preventivas em seu veículo para sempre manter o bom funcionamento do mesmo.

Assim como muitas vezes também deixamos de lado nossos cuidados com a nossa saúde. Então, o carro acabará quebrando ou começará apresentar problemas, o que irá causar dores de cabeça e gastos desnecessários.

Quando fazer a manutenção preventiva em automóveis?

Quando falamos em realizar uma preventiva em nossos carros, realmente não tem uma data correta para que a mesma seja feita, pois essa data pode sim variar conforme o ano em que o automóvel foi fabricado e também o seu modelo.

Mas certas verificações periódicas são comuns e devem ser feitas conforme indicação da maior parte dos especialistas onde as mesmas estão descritas no manual do carro.

O recomendado é fazer uma revisão a cada 10 mil km rodados ou então a cada 6 meses, ou o que acontecer antes, mas nunca se esqueça como já mencionamos de sempre dar uma verificada no manual.

Pois nele poderá encontrar ainda informações à respeito do tempo de revisão ou troca de muitos componentes importantes.

Se você possui um carro zero quilômetro, fique sempre ligado nas revisões obrigatórias, pois se deixar de fazê-las poderá perder a garantia de fábrica.

Sem falar que pode evitar defeitos em peças originais que já vieram possivelmente com defeito, ou apresentaram defeito com pouquíssimo tempo de uso.

Em caso de veículos seminovos, o certo é procurar saber se ele passou realmente por todas as revisões obrigatórias recomendadas pelo fabricante.

E que você também deverá levar o veículo em uma oficina mecânica de sua confiança logo ao comprá-lo, e claro que frequentemente para verificações.

O local e a forma como você dirige o seu carro também poderá interferir no tempo das manutenções, justamente por esse motivo pratique sempre uma direção segura, impedindo que o carro seja exposto a extremas condições de uso. O que não implicará num desgaste bem maior que o normal.

Transitar em ruas esburacadas, ou estradas rurais, ficar preso em longos congestionamentos onde as temperaturas do motor do carro vão ao extremo, também irão gerar grandes desgastes, e que podem também diminuir o tempo de fazer uma manutenção preventiva.

Resumindo, a manutenção preventiva em carros é realizada para que a manutenção corretiva não precise ser feita, pois como você mesmo já sabe, quando quebra o custo do conserto é bem mais caro.

Diferença entre manutenção preventiva e corretiva:

Caso não saiba as preventivas tem como objetivo evitar e também é claro antecipar problemas que possa vir à acontecer. Enquanto a manutenção corretiva é feita quando já aconteceu a quebra. Justamente por esse motivo procurar evitar sempre será mais barato do que corrigir.

Quais são as vantagens de fazer a manutenção preventiva?

O fato é que a grande maioria dos donos de automóveis simplesmente se esquecem ou fingem se esquecerem de levar seus veículos para um serviço de manutenção preventiva para verificar itens e peças fundamentais para manter o bom funcionamento de seu carro.

Mas eles se esquecem também que ao fazer isso poderão ter muitas vantagens, como por exemplo:

  1. Mais segurança;
  2. Muito mais economia;
  3. Veículo mais eficiente;
  4. Maior valorização na revenda.

Checklist de manutenção preventiva para carros:

Esse é um tópico bastante importante, pois nele citaremos o principais itens, peças e componentes que devem ser sempre verificados em casos de manutenções preventivas, e assim garantir um bom funcionamento, desempenho e a segurança de todos:

  • Radiador e sistema de arrefecimento;
  • Correias do motor;
  • Óleos lubrificantes;
  • Alinhamento e Balanceamento;
  • Rodízio dos pneus;
  • Calibragem dos pneus;
  • Necessidade de cambagem (se o modelo permitir);
  • Limpadores de para-brisa;
  • Filtros de ar e filtro de combustível;
  • Lâmpadas e setas em geral;
  • Velas de ignição;
  • Sistema de escapamento;
  • Ar condicionado (se o carro tiver esse item);
  • Verificar a lataria e pintura;
  • Caixa de marchas;
  • Fluido de freio;
  • Bomba d’água;
  • Bomba de combustível;
  • Sistema de injeção eletrônica;
  • Cintos de segurança;
  • Itens obrigatórios de segurança como chaves de roda, estepe;
  • Verifique os vidros em busca de trincos;

Não podemos deixar de mencionar que se for você mesmo que irá fazer a manutenção é importante ter muita atenção e cuidado para não se machucar, e pra não danificar alguma peça ou algum item que possa prejudicar o bom funcionamento do carro. Por isso recomendamos um oficina de sua confiança sempre.