Quanto Tempo Dura Um Pneu Remold? Saiba Tudo

Curioso sobre a durabilidade dos pneus remold? Entenda neste artigo o que é um pneu remold, como ele é fabricado, diferença do meia vida, se vale a pena usar, e se ele é mesmo seguro.

qual é a duração de um pneu remold

Então você quer saber quanto tempo dura um pneu remold? Saiba desde já que a grande maioria dos motoristas de hoje em dia, devido ao estresse do dia a dia entre outros fatores, só se lembram de realizar a troca dos pneus do carro quando eles já chegaram no fim da sua vida útil. Ou quando acontece algum tipo de imprevisto indesejado como um estouro, devido à um buraco no asfalto, ou uma batida forte no meio feio.

Muitas pessoas desconhecem o pneu remoldado, e foi pensando nisso que resolvemos elaborar esse conteúdo, onde temos a finalidade de falar mais a respeito dessa opção e de suas principais características. Como a sua segurança, a utilização, o tempo de duração desse tipo de pneu, e se esse investimento realmente vale a pena e compensa.


Então, se você quer ficar por dentro de tudo o que preparamos à respeito do assunto, te convidamos a ficar conosco até o fim desse texto, e assim poderá tirar todas as suas dúvidas sobre quanto tempo dura um pneu remold.

O que é pneu remold?

Ele nada mais é que um pneu que passou por um processo tecnológico industrial, e que logo após isso ele simplesmente pode voltar ao mercado e à rodar por aí novamente. E não podemos deixar de mencionar que remold e pneu recauchutado são coisas completamente diferentes.

A diferença de ambos está na qualidade de seu processo de produção, mas a finalidade é a mesma, que nada mais é que poder reutilizar um pneu gasto e velho, e o mesmo poder voltar ao mercado e as ruas novamente.


Como ele é feito?

Saiba que o processo para se fazer um pneu remold é um tanto complexo, principalmente pelo fato das empresas que trabalham com isso só poderem utilizar pneus que foram fabricados no máximo a sete anos. As mesmas não podem por medida de segurança utilizar peças de pneus mais velhas por motivos ligados a segurança.

Primeiramente o pneu antigo é totalmente raspado, desde sua banda de rodagem até mesmo as suas laterais, que por sua vez remove o modelo, a marca e também as dimensões que o mesmo possuía antes de passar pelo processo.

Logo depois então é aplicada uma técnica conhecida como vulcanização, que faz com que o pneu que antes era desgastado receba uma rodagem nova, incluindo suas laterais e especificações técnicas. Assim ele pode voltar a ser comercializado e a rodar por aí.

Vale a pena usar um pneu remold?

Esta é uma questão muito complexa que envolve uma série de variáveis e vários elementos que precisam ser considerados, em primeiro lugar, sim, há uma enorme diferença entre pneus reformados ou usados e modificados.

Pneus não originais são aqueles que você não sabe de onde vêm, como são produzidos e sua qualidade, os mesmos não são nada confiáveis e você pode estar entrando em uma roubada utilizando-os.

Pneus reformados são pneus velhos que estão gastos, mas têm uma nova camada de borracha na superfície, que pode sim ser reutilizado e usado por consumidores em todo o mundo.

Como vimos, este não é o caso dos pneus modificados, que trata-se de uma obra totalmente depilada e com novos lados e novas bandas de rodagem também. A única coisa que se destaca é a velha carcaça do pneu. Por isso é injusto dizer que eles são a mesma coisa.

Existem diferenças significativas de desempenho como por exemplo, é normal especular que um pneu original novo pode rodar por aproximadamente 50.000 a 60.000 mil quilômetros.

A vida útil dos pneus reformados é muito mais curta, com sorte, eles podem chegar a 15 mil quilômetros, talvez no máximo vinte mil caso o condutor do veículo seja um motorista cuidadoso.

A vida útil dos pneus reformados é mais longa, na prática ele produz metade do desempenho dos novos nas mesmas condições, entre 25 a 30.000 mil quilômetros de rodagem.

No entanto, isso só é considerado nas cidades, já nas estradas ruins e esburacadas, os reformados se desgastam mais rapidamente.

Então podemos dizer que os modificados não são como os reformados, pois a tecnologia de ambos é diferente, não restando dúvida de que é uma escolha inferior em comparação com novos.

Em primeiro lugar, sua economia não será tão grande quanto você pensa, na verdade, não existe essa economia, na melhor das hipóteses, o custo é apenas a metade do novo, mas que também caiu pela metade. Na prática, o custo é o mesmo, mas dividido em duas compras.

Além disso, pneus remoldados são realmente seguros somente quando a qualidade do mesmo é excelente e a tecnologia profissional foi utilizada na sua produção.

O pneu remold é realmente seguro?

Uma das principais vantagens oferecidas por esse tipo de pneu é sem dúvidas o preço, embora o seu processo de produção passe por várias etapas, eles não possuem a mesma qualidade que um pneu novo e original oferece, assim como a segurança também não é a mesma.

Outro fator importante é que um remold não é indicado para quem utiliza o seu veículo em estradas de terra ou asfaltos esburacados, portanto, se esse tipo de caminho faz parte da sua rota diária, o ideal é buscar outras opções pro seu veículo. Além disso, para quem também vai enfrentar longas viagens, o ideal é comprar um jogo novo e original.

Isso porque, o recomendado para quem utiliza pneus remold é que não ultrapasse uma velocidade superior a 80 km/h, uma vez que o atrito poderá causar sérios problemas a composição do mesmo.

Eles também são um pouco mais difíceis no que diz respeito ao seu balanceamento, prejudicando de forma direta a dirigibilidade do automóvel.

Para finalizar, recomendamos a utilização do pneu remold apenas se você só utiliza o carro para fazer trajetos urbanos, tipo um bate e volta do trabalho, mas caso você use o carro em estradas de terra ou pretenda fazer uma viagem longa.

O ideal é comprar pneus novos e com garantia de fábrica, principalmente para preservar a sua saúde, sua integridade física, e de ocupantes do veículo, caso existir algum.

Com isso, as chances de sofrer um acidente pelo mau funcionamento de itens do veículo são bastante reduzidas e você terá mais confiança no carro.

Agora que já sabe quanto tempo dura um pneu remold, que é em média de 25 a 30 mil quilômetros, já viu como ele é feito, já sabe a diferença entre ele e o meia vida, se vale mesmo a pena usar e se é seguro. Cabe a você decidir se vai usar pneus originais em seu carro, ou nos veículos de sua empresa caso tenha uma.