Como Funciona a Carta de Crédito Para Automóveis? Guia Completo

Entenda de uma vez por todas como funciona a carta de crédito para automóveis. Saiba quais são as vantagens e desvantagens, e se vale a pena.

como funciona a carta de crédito para carros

Se você está procurando saber como funciona a carta de crédito para automóveis, saiba então que será inevitável não encontrar também informações sobre o consórcio, que também se trata de uma modalidade de crédito muito conhecida.

Saber se usar o dinheiro da carta é mesmo obrigatório, e deve realmente ser usado para a aquisição de bens financiados, ou se o dinheiro poderá ser utilizado para outras finalidades também é outra dúvida frequente por quem busca por esse assunto.


Essas normalmente são algumas das perguntas mais comuns e frequentes que as pessoas tem sobre o assunto, e como nosso intuito aqui é sempre ajudar você. Preparamos um artigo completo para você entender tudo sobre como funciona a carta de crédito para veículos. Fique conosco até o fim e saiba tudo.

O que é uma carta de crédito?

A carta de crédito trata-se de um documento correspondente ao valor do plano do consórcio, que foi então escolhido pelo contratante (consorciado) no ato da contratação do mesmo.

E de posse desse documento então o seu titular terá em mãos o valor em espécie para poder adquirir o serviço ou o bem que ele deseja.


E com esse dinheiro em mãos o consorciado poderá decidir o vai querer comprar, claro que de acordo com a categoria escolhida no consórcio, como veículos ou imóveis por exemplo.

E logo após os meios legais para conseguir a liberação do crédito o valor é repassado para o ex proprietário, ou seja, quem efetuou a venda do bem.

E se o consorciado não quiser comprar absolutamente nada, o mesmo receberá todo o montante em dinheiro vivo, claro que sempre respeitando as normas já pré estabelecidas no contrato.

Como usar a carta de crédito do seu consórcio?

O único e principal objetivo de quem decide participar de um grupo de consórcio logicamente que é conseguir alcançar a contemplação, e assim poder obter o bem que tanto almeja ou sempre almejou.

Então quando a contemplação acontece, os consorciados passam por um processo que irá liberar o crédito à eles, onde os mesmos terão enfim a sua carta de crédito. E conforme já explicamos, o valor que terá direito corresponde aos bens do contrato originalmente firmado.

E vale ressaltar que a carta de crédito só permitirá apenas a compra de bens similares previstos no contrato do consórcio, podendo ser ele imobiliário, de veículos, serviços diversos e mais.

Saiba que não é possível adquirir um veículo com uma carta de crédito que está incluída em um consórcio imobiliário, ou vice e versa, mas no entanto, as cartas de crédito oferecem aos ativos os mesmos benefícios que os pagamentos em dinheiro.

Em outras palavras, com a carta em mãos, descontos podem e devem ser negociados diretamente com o próprio vendedor, pois como já mencionamos o valor do crédito é passado à ele integralmente pela administradora responsável, como se o produto fosse pago à vista.

É possível adquirir uma carta de crédito já contemplada?

Mas claro que é possível sim fazer a aquisição de uma carta de crédito já contemplada, e nessa situação o que ocorre é que a propriedade do contrato de consórcio é transferida do consorciado para um terceiro de forma simples.

Isso é possível, mas tudo dependerá de uma autorização da operadora de consórcio que foi contratada, pois saiba que é necessário todo um procedimento para concluir essa transferência com sucesso.

Mesmo sabendo que fazer a compra de uma carta comtemplada é uma coisa tentadora, alguns cuidados devem ser tomados antes de fechar qualquer negócio, por isso fique atento a essas importantes dicas:

  1. Certifique-se de que a empresa administradora é sim um estabelecimento que possui autorização do Banco Central;
  2. Verifique se a cota obtida seja realmente contemplada, essa verificação pode ser realizada conferindo a ata da contemplação;
  3. Avalie sempre se existe alguma questão pendente no contrato, como por exemplo parcelas pendentes;
  4. Faça um bom planejamento para poder quitar todas as futuras parcelas caso realmente decida assumir uma carta contemplada.

Vantagens e Desvantagens da Carta de Crédito:

O simples fato de não se ter o dinheiro para conseguir efetuar o pagamento a vista pode sim ser visto por muitos como uma grande desvantagem, mais saiba que essa situação torna a negociação ainda mais segura.

Pois como já mencionamos a carta de crédito nada mais é que o resultado de um consórcio, que como já sabe é uma excelente forma de conseguir comprar bens de valores mais altos.

O consórcio é como se fosse um tipo de uma grande poupança conjunta, que por sua vez, uma vez por mês comtempla um de seus participantes com um sorteio.

E saiba que mesmo que uma pessoa seja contemplada antes de completar o pagamento de todo o contrato, ela ainda tem a mesma mensalidade sem ter que pagar juros.

E como desvantagens podemos mencionar: o participante não sabe quando irá receber, em alguns casos isso pode ocorrer no primeiro ano, ou somente no fim do consórcio, o que não deixa de ser uma situação um tanto burocrática demais e chata. E a emissão da carta ira depender de alguns documentos que devem ser entregues ao administrador (a).

Como funciona a carta de crédito para veículos?

Como já sabe, no tradicional consórcio, os participantes pagam mensalmente  com o objetivo de serem é claro comtemplados com bens ou serviços disponibilizados por uma administradora. Um sorteio também é realizado todos os meses para que um dos participantes receba uma carta de crédito e possa reivindicar o seu bem.

Outra maneira de conseguir ser contemplado é ir dando lances sempre com valores mais altos que o do valor de sua mensalidade, assim o integrante do consórcio com maior lance terá obviamente muito mais chances de ser sorteado antes dos outros participantes do grupo. E quando isso acontece, o participante usará a carta de crédito para receber o seu prêmio.

Carta de crédito para automóveis vale a pena?

Conforme mencionado antes, o maior benefício de uma carta de crédito é que ela oferece poder de barganha para todos os participantes envolvidos no consórcio. É como se fosse um pagamento feito em espécie e feito de forma a vista, onde os contratantes tem uma maior chance de conseguirem vantagens e possíveis descontos na compra de um carro.

Não podemos deixar de mencionar outros diferenciais que são significativos, um deles é não haver necessidade de fornecer um valor a título de entrada, em outras palavras, o valor do bem é pago integralmente no prazo do plano firmado em contrato.

Outra vantagem é não haver cobrança de juros, mas sim uma taxa de administração correspondente a um percentual fixo sobre o valor da carta de crédito. Onde a mesma será diluída ao longo de todo o período do prazo de pagamento do seu plano.

Como o consórcio trata-se de uma maneira de poder adquirir bens de forma planejada, se você já possui um carro, mas quer trocá-lo muito em breve, essa é uma forma de se preparar financeiramente. E mesmo que o valor do ativo mude, o poder de compra dos consorciados ainda existe ao longo do plano.

Isso ocorre em função de reajustes regulares, determinados em contrato, para manter cartas de crédito suficientes para a compra dos bens necessários, independentemente de quando são contemplados.

Por último, uma carta de crédito pode ser usada para a compra de qualquer bem, desde que a mesma esteja alocada corretamente na categoria de contrato, como veículos ou imóveis. Isso significa muito mais flexibilização na hora de fazer a escolha de seu veículo.