Como Funciona a Franquia do Seguro Automotivo? Entenda

Saiba o que é, e como funciona a franquia de um seguro automotivo. Conheça quais são os tipos de franquia, quando é necessário pagar, como é feito este pagamento, porcentagem, quando vale a pena pagar e por que pagar a franquia do seguro. E qual é o melhor tipo de franquia para você.

como a franquia do seguro automotivo funciona

Saber como funciona a franquia do seguro automotivo é uma dúvida bastante comum, principalmente pelas pessoas que estão pensando em adquirir um veículo e obviamente irão fazer o seguro do mesmo. Afinal de contas comprar um carro novo, ou até mesmo um modelo seminovo e deixá-lo desprotegido é muito arriscado.

A grande maioria dos donos de veículos sabem da grande importância que é ter o seu bem protegido por um seguro, mas poucos sabem como é que funciona a franquia do seguro, e muito menos o que ela significa. Mas fique tranquilo, pois você não é o único a não saber nada sobre esse assunto.


Justamente por isso, foi pensando em você leitor que preparamos esse conteúdo completo com todas as informações que você precisa saber sobre como exatamente funciona a franquia de um seguro automotivo. Então, fique conosco até o fim dessa importante leitura e tenha todas as suas dúvidas sobre esse assunto respondidas definitivamente.

O que é a franquia do seguro automotivo?

A franquia do seguro automotivo trata-se da parte em dinheiro que o segurado irá pagar para poder fazer o conserto das avarias de seu veículo, isso caso vier ocorrer um sinistro parcial.

O seu valor já é estipulado na apólice de seguro do contratante, sendo ele um custo fixo ou uma porcentagem. Na verdade a franquia é a parceria do segurado no valor total dos custos do conserto do seu automóvel.


Justamente por esse motivo recomendamos à todos os consumidores que leiam atentamente o contrato do seguro auto antes de assinar.

Pois essa é a única forma que ele tem de saber quais são os custos que ele terá de assumir caso ocorra um sinistro quando acionar a empresa de seguros. Saiba que a mesma só é cobrada em casos de danos parciais, onde o custo para o conserto do veículo é de até 75% do valor do automóvel.

Em casos de perda total, não será preciso arcar com a franquia para poder ser indenizado. Isso independentemente de qual for o motivo.

Mas não podemos deixar de mencionar, que em casos onde o prejuízo provocado por um acidente de trânsito não for superior a franquia, então o pagamento das avarias e do conserto é de inteira responsabilidade do segurado. E saiba que a seguradora está totalmente livre de arcar com essa indenização.

Tipos de franquia de seguro automotivo:

Agora que já sabe o que é a franquia do seguro auto, saiba que existem diferentes tipos de franquia, as principais diferenças entre elas ocorrem baseadas no valor que é cobrado pela seguradora por cada uma delas caso um sinistro ocorra.

Confira quais são os diferentes tipos de franquia:

  1. Normal;
  2. Reduzida;
  3. Ampliada;
  4. Isenta.

Como funciona a franquia do seguro automotivo?

Sabendo o que é, e quais são os tipos de franquia existentes em um seguro automotivo, saiba que a franquia nada mais é que o valor que o contratante do seguro precisa pagar se por ventura ele se envolver em algum incidente e precisar acionar a empresa de seguros.

Tenha em mente que o valor é cobrado somente em situações de reparos do automóvel do próprio segurado, e isso no caso do dano ser parcial.

O preço da franquia pode variar conforme cada caso, pois muitas informações são levadas em consideração, como por exemplo o perfil do motorista.

Saiba que não existe nenhuma cobrança em situações de perda total, e se o gasto for somente com um veículo de terceiro, onde a apólice do seguro contemple terceiros, a taxa da franquia também não é reivindicada e a empresa de seguros acaba assumindo os gastos.

Mas isso desde que o valor não ultrapasse ao que foi firmado no contrato.

Quando é preciso pagar a franquia do seguro automotivo?

A mesma somente deve ser paga em reparo feito no carro do próprio segurado, isso se o dano for parcial e o mesmo tiver conserto. Assim sendo o dono do veículo deverá pagar o valor da franquia que já foi estabelecido anteriormente com a seguradora.

Quando vale a pena fazer o pagamento da franquia?

O valor da franquia do seguro auto é acordado previamente no contrato, onde o mesmo leva em consideração muitos fatores como por exemplo quais são as características do automóvel, e também o perfil do contratante.

Ao contrário do que muitos acham, saiba que realmente não existe nenhuma calculadora de franquias. Saiba que o pagamento acontece de forma similar em praticamente todos os casos.

Suponhamos então que a sua franquia seja de r$ 1000 reais por exemplo, então nesse caso se por ventura o carro precisar de um reparo depois de algum acidente onde o custo é de r$ 3000 mil reais, a empresa de seguros que você contratou irá fazer a quitação dos r$ 2000 mil reais, e você que é o segurado fará o pagamento de r$ 1000 reais.

Mas recomendamos que antes de abrir qualquer chamado de sinistro na seguradora, considere avaliar se realmente esse é mesmo o melhor negócio a se fazer naquele momento.

Em 1º lugar faça uma comparação do custo da franquia com o valor do conserto do veículo em uma oficina de sua confiança, e se o custo do serviço puder ser realizado por um preço menor que o da franquia, saiba então que nesse caso não vale a pena você acionar o seguro. Pois só irá compensar se o custo do conserto for maior que o da franquia contratada.

Outro ponto importante, e que muitos se esquecem é a classe do bônus, muitos consumidores não tem ciência disso, mas as seguradoras classificam o segurado conforme o nº de ocorrências de solicitação de seus serviços prestados.

Assim sendo, quem acaba não se envolvendo em nenhum tipo de sinistro, ou então não aciona o seu seguro em pequenas ocorrências, esses poderão receber descontos maiores nas renovações de suas apólices.

Justamente por esse motivo, muitos proprietários de veículos acabam pagando do seu bolso o valor integral do conserto caso o preço fique próximo ao valor da franquia.

Afinal de contas conseguir um desconto maior nas futuras renovações do seguro é bem mais vantajoso do que a diferença que é cobrada pelo seguro em alguns sinistros.

Por que pagar a franquia do seguro automotivo?

A cobrança da franquia do seguro trata-se de uma maneira de garantir que o condutor segurado não venha causar nenhum dano intencional no automóvel com o intuito de receber a indenização de forma indevida.

Assim, sabendo que terá de pagar as despesas do reparo do seu carro provavelmente o segurado irá se comportar no trânsito tendo muito mais cuidado quando estiver dirigindo.

A importância do pagamento da franquia é poder garantir que o dono do carro não irá precisar pagar sozinho as despesas do conserto do seu veículo se por ventura algum acidente vier à acontecer.