Para Que Serve o Catalisador do Carro? Guia Simplificado

Saiba o que é, e para que serve o catalisador de um automóvel. Como são montados, quais são os carros que possuem o catalisador e quais são os tipos. Entenda como funciona a manutenção do componente, quando trocar, importância, se pode ser retirado e muito mais.

qual a função do catalisador de um carro

Certamente você já ouviu falar no catalisador, uma peça que desempenha um papel bem importante no motor do carro. Mas você saberia dizer o que é esta peça, ou ainda, para que serve o catalisador do carro?

Se você não sabe o que é, ou para que serve o catalisador do carro, não se preocupe, preparamos este artigo para que você possa conhecer mais esta peça dos automóveis. Confira:


O que é o catalisador do carro?

O catalisador do carro é uma peça que fica localizada no motor, que tem como principal objetivo controlar e neutralizar a ação de gases poluentes. Esta peça atua de acordo com a rotação do motor.

Quando o motor trabalha ele gera consequentemente diversos gases poluentes, devido a queima e à combustão que ocorre durante a geração da velocidade.

O catalisador atua neutralizando a ação destes gases, que seriam emitidos na atmosfera. No processo da geração da velocidade, a energia gerada pelos motores, é enviada a embreagem veicular, que transforma esta energia em velocidade, e nesse processo são gerados os gases.


Juntamente com esta ação, os catalisadores atuam para conter estes poluentes que seriam dispersos na atmosfera.

Para que serve o catalisador do carro?

Conforme já explicamos brevemente no tópico acima, o catalisador tem a função exclusiva de filtrar diversos gases poluentes, que trariam malefícios tanto para o meio ambiente, quanto para a nossa respiração.

Esta é uma função muito importante, pois não se trata apenas de diminuir a emissão de gases poluentes, mas também influencia na melhora da qualidade da respiração.

Outra função importante que podemos citar, é a diminuição da temperatura gerada no momento da produção da velocidade.

Quando a energia é transformada em velocidade, há também a geração de calor, o que faz aumentar a temperatura, o catalisador atua equilibrando esta temperatura, ou seja, evita com que o calor gerado não cause nenhum tipo de dano.

Como são montados os catalisadores e quais são as peças utilizadas:

Os catalisadores são montados de acordo com a configuração do motor, seguindo o modelo do automóvel no qual está sendo instalado.

A configuração e montagem de cada modelo é de responsabilidade total da marca, ou seja, é produzida no momento da montagem na linha de produção.

São diversas peças que compõe um catalisador, dentre as quais podemos citar: cápsula de aço inoxidável, uma peça em formato de colmeia, feita de cerâmica, camada composta por alguns metais nobres, entre outras peças.

Quais carros possuem catalisador?

A maioria dos modelos de carros produzidos desde 1997 até os dias atuais, onde uma lei tornou obrigatório a instalação deste equipamento no motor do veículo.

Esta medida foi fundamental para que tivéssemos uma melhora na qualidade do ar em que respiramos, assim como a diminuição dos gases emitidos para a atmosfera, prejudicando, inclusive, a camada de ozônio.

Quais são os tipos de catalisador?

São diversos os tipos de catalisadores, cada modelo de veículo possui um determinado catalisador, seguindo as especificações de fabricação.

Dentre os mais diversos tipos de catalisadores, podemos citar os principais que são eles:

  • Enzimas;
  • Ácido-base;
  • Heterogêneos (ou de superfície).

Como funciona a manutenção do catalisador?

A manutenção do catalisador dependerá exclusivamente do problema que precisará ser solucionado, ou seja, as trocas de peças, desentupimento, desmontagem, dependem do problema apresentado.

Por exemplo, se o catalisador não está funcionando corretamente, e emite um barulho incomum, pode ser necessário a abertura do equipamento, a desmontagem de peça por peça, e até mesmo a substituição.

Esta manutenção pode ser completa, no catalisador por inteiro, ou em determinadas propriedades do sistema e mecanismo do sistema de peças.

Quando é a hora de trocar de catalisador?

Não é possível prever o momento ideal para que seja trocado o catalisador do veículo, por isso, é importante realizar visitas com frequência ao mecânico, para que ele possa fazer uma avaliação completa.

Mas, quando o escape fizer barulhos diferentes, começar a emitir fumaça, ou você perceber que algo está errado, pode ser o momento de realizar a troca do catalisador.

Escapamento entupido, alguma peça quebrada ou fora do lugar, funcionamento irregular, podem culminar em uma possível troca, ou manutenção do catalisador do carro.

Qual a importância do catalisador para o meio ambiente?

Para responder a este questionamento, traremos alguns dos benefícios dos catalisadores, não apenas para o meio ambiente, mas para a nossa respiração de modo geral.

  1. Filtra os gases poluentes;
  2. Retém os gases poluentes;
  3. Auxilia na qualidade do ar que respiramos.

É permitido retirar o catalisador de um veículo?

Algumas pessoas retiram o catalisador do veículo com o intuito de melhorar a potência do carro. O que comprovadamente não é bem assim, pois o carro consegue ter um bom desempenho, mesmo com o catalisador ainda no veículo.

Podemos perceber que os carros que têm os catalisadores retirados, fazem muito barulho e produzem fumaça poluente em excesso, o que além de incômodo, é extremamente prejudicial para a nossa saúde.

Além disso, assim como mencionamos em alguns tópicos anteriores, mas que não custa nada relembrar, a utilização do catalisador no carro, é obrigatória, cobrada por lei.

Ou seja, desde o momento que não é cumprido, há uma infração na lei, que pode gerar entre outros problemas, a anotação da perda de pontos na Carteira de Habilitação (CNH), apreensão do veículo, e em casos mais graves, até mesmo a prisão do condutor.