Como Funciona o Leasing de Carros? Guia Básico Completo

Saiba o que é, quais são os tipos e como funciona o Leasing de Carros. Entenda o que é Valor Residual Garantido e para que ele serve. Vantagens e desvantagens do Leasing. Diferença entre ele e o CDC. Quando optar por ele e se vale mesmo a pena.

como funciona o leasing para carros

Se você está pensando em comprar um automóvel, então é bem provável que já ouviu falar sobre o leasing, mas provavelmente ainda não sabe como funciona o leasing de carros. Saiba que essa é uma das várias possibilidades de negociação que estão disponíveis para as pessoas que estão procurando adquirir o carro próprio.

Podemos dizer que o leasing é bastante semelhante ao aluguel de veículos e também ao empréstimo bancário, mas com uma diferença, pois essa modalidade oferece ao consumidor a oportunidade de fazer a compra do carro quando o contrato chega ao fim. Por isso essa é uma opção que chama a atenção de muitas pessoas que pretendem adquirir um automóvel.


Então, como o nosso único interesse aqui é ajudar você leitor, preparamos esse texto completo e repleto de informações importantes para você tirar todas as suas dúvidas sobre como funciona o leasing para carros. Por isso, te convidamos a ficar conosco até o fim dessa leitura e assim terá todas as suas dúvidas sobre o assunto respondidas.

O que é leasing de carros?

O leasing de carros é também conhecido como arrendamento mercantil e funciona assim: uma instituição financeira ou então um banco efetua a compra do automóvel que o cliente quer, e disponibiliza ele para que o mesmo seja utilizado mediante a um pagamento mensal.

A negociação do leasing é firmada através de um contrato de adesão que por sua vez estabelece que o cliente efetue o pagamento das mensalidades em dia.


O veículo continuará pertencendo à instituição financeira, e caso haja algum atraso no pagamento o banco pode recuperar o bem.

No leasing, toda e qualquer responsabilidade referente ao carro é do condutor, como por exemplo despesas com a sua manutenção, pagamento de débitos do veículo como IPVA e licenciamento, multas, entre outros.

Nessa modalidade o cliente irá usar o veículo por um período de tempo estabelecido em contrato, e no fim desse contrato ele terá a possibilidade de fazer a compra do automóvel.

Tipos de leasing de carros:

Sabendo o que é o leasing é importante que você conheça quais são os seus tipos e suas diferenças.

Basicamente o que difere um tipo de leasing do outro é o prazo do contrato, a sua vigência, e a possibilidade de comprar o carro no final do contrato. Saiba quais são os três tipos:

  1. Operacional;
  2. Financeiro;
  3. Leasing Back;

O que é Valor Residual Garantido e para que serve?

Valor Residual Garantido (VRG), faz parte de um contrato de leasing, assim sendo o consumidor interessado procura por uma empresa de leasing e faz a solicitação do arrendamento e um automóvel.

Após ela ter feito isso a empresa irá até o fornecedor e efetua a compra do carro a vista, deixando o mesmo em sua propriedade, fazendo o contrato de aluguel para o arrendatário.

Nessa modalidade de arrendamento existe a expectativa de comprar o veículo quando o contrato chegar ao final, justamente por isso é estipulado um valor mínimo que por sua vez será recebido pelo arrendador na venda do carro.

Esse valor então é chamado de Valor Residual Garantido (VRG), podendo ele ser pago como entrada, parcelado juntamente com as mensalidades, ou ao término do contrato.

E não podemos deixar de mencionar que em caso de devolução, inadimplência ou cancelamento, saiba que o valor do VGR que já foi pago pelo arrendatário tem de ser devolvido pela arrendadora.

Principais vantagens e desvantagens do leasing para carros:

Agora que já conhece quais são os tipos de leasings que existem, e já sabe o que é VRG, é importante que saiba quais são as vantagens e desvantagens do leasing para veículos.

Vantagens:

  • Não precisa dar entrada;
  • Isenção de IOF;
  • Aprovação de crédito com mais facilidade;
  • Revisões e manutenções ficam por conta do arrendador.

Desvantagens:

  • Dificuldade para fazer a devolução do veículo;
  • Multa contratual;
  • O automóvel não fica em nome do comprador.

Diferença entre o financiamento CDC e o leasing de carros:

Uma outra opção muito comum para poder adquirir um automóvel é o Crédito Direto ao Consumidor (CDC), é o financiamento onde a instituição financeira faz um empréstimo dando o crédito para que o cliente possa fazer a compra de seu carro.

Sendo que a principal diferença do CDC para o leasing é que o Crédito Direto ao Consumidor permite que o comprador venha a ser o proprietário do bem logo no começo do contrato.

Como funciona o leasing de carros?

Como já mencionamos o leasing também é conhecido como arrendamento mercantil, e funciona como uma espécie de aluguel do carro que a instituição financeira ou o banco faz para a pessoa que está interessada na aquisição de um veículo.

E que deixa no fim do contrato a opção de compra do automóvel no fim do prazo do contrato. Assim sendo, quando assinar o contrato de um leasing já terá a posse do automóvel e poderá fazer uso do mesmo pagando uma mensalidade para isso.

O veículo irá ficar em nome do banco ou da instituição financeira, significando que o mesmo não poderá ser vendido até o contrato terminar.

E como essa negociação possui regras próprias, saiba que o leasing não é considerado um tipo de financiamento.

Mas se por ventura você optar por ficar com o carro quando o contrato acabar, tenha em mente que na verdade estaria financiando um veículo pelo leasing.

Também existe um prazo máximo para esse arrendamento mercantil, que no caso de carros geralmente costuma ser de 24 meses.

E se por ventura quiser ficar com o veículo quitando as parcelas antes do término do contrato, o bem irá passar para seu nome e assim sairá do leasing.

Quando optar pelo leasing vale a pena?

Essa é uma dúvida frequente que muitos consumidores tem, saber se o leasing vale a pena ou não.

Então saiba desde já que essa é uma opção bastante interessante para pessoas que não tem o valor para dar de entrada, e também não podem de forma alguma comprometer uma parte muito grande de seu salário como em um financiamento comum.

Por isso a dica é: antes de assinar qualquer contrato de leasing de carros, faça muitas pesquisas e cálculos, colocando tudo na ponta do lápis, analise também opções de empréstimos e de CDC.

Não podemos deixar de mencionar que o arrendamento mercantil favorece e muito consumidores que gostam de efetuar a troca de carro com muito mais frequência.

Tudo porque a compra do bem não é obrigatória, sem falar que não é preciso se preocupar com gastos com a transferência e nem com o emplacamento, já que o veículo fica em nome da instituição financeira ou do banco.