Para Que Serve o Fluido de Freio? Guia Essencial

Saiba o que é, sua importância, características e para que serve o fluido de freio. Conheça os tipos, como o fluido funciona, cores, qual usar, quando trocar e mais.

qual a função do fluido de freio

Quer saber para que serve o fluido de freio? Saiba então que ele é essencial para a segurança de todos os ocupantes do veículo, justamente por isso conhecer em detalhes esse líquido é fundamental. Afinal de contas segurança nunca é demais, e aprender mais sobre a manutenção de um automóvel também não.

O fluido de freio é o responsável pelo funcionamento de uma frenagem, tendo como função transferir toda a pressão que por sua vez é exercida no pedal do freio quando se pisa nele, até o acionamento das pastilhas de freio e das sapatas.


Então, como o nosso interesse aqui é ajudar você leitor, preparamos esse conteúdo para tirar todas as suas dúvidas sobre para que serve o fluido de freio, o que ele é, seus tipos, quando trocar e muito mais. Por isso te convidamos a ficar conosco até o fim dessa importante leitura.

O que é fluido de freio?

O fluido de freio trata-se de um líquido hidráulico, onde o mesmo funciona como uma espécie de condutor de pressão entre a ação do condutor no momento em que ele pisa no pedal do freio e os discos de freio que por sua vez fazem a frenagem do veículo.

Sendo assim, ele é o responsável pela estabilidade e segurança do sistema de freios.


Características dos fluidos de freio:

Como principais características o fluido de freio possui baixa taxa de compressão, e um alto ponto de ebulição.

Entenda melhor quais são as características do fluido de freio:

  • Compressão ou compressibilidade: quando o motorista aciona o freio pisando no pedal, o fluido não deve perder nada em volume e assim transmitir essa pressão para a outra extremidade do sistema de freios, que no caso seriam as pastilhas e as sapatas que estão junto das rodas. E se por acaso o fluido for de qualidade ruim, ou estiver velho, o condutor terá a sensação que necessita pisar mais fundo no pedal do freio para que a frenagem aconteça;
  • Ponto de ebulição: o líquido do fluido de freio geralmente trabalha em alta temperatura que são geradas pelo atrito dos discos com as pastilhas, sapatas e tambores de freio. Por isso, se o ponto de ebulição dele fosse muito baixo, o mesmo iria ferver causando bolhas e assim iria atrapalhar a frenagem do automóvel.

Tipos de fluidos de freio:

Agora que já sabe o que é fluido de freio, sua importância e características, saiba que eles são divididos em 4 categorias, onde elas são classificadas pelo Depart of Transportation (Departamento de Transporte dos Estados Unidos da América).

E com essa classificação surgiu a nomenclatura de DOT, que é usada pelos fabricantes de líquidos de freio de todo o planeta.

E cada um dos tipos de fluidos possui duas características fundamentais, que são o ponto de ebulição e a compressibilidade. Conheça em detalhes as principais características, classes e especificações de cada tipo de fluido:

DOT 3:

Esse é praticamente um dos fluidos de freio mais econômicos que existem atualmente, o mesmo é indicado para embreagens e freios com sistema hidráulico em veículos que são mais leves.

O ponto de ebulição desse fluido é de 205 °C, e se ele estiver contaminado com umidade o seu ponto de ebulição é reduzido para 140 °C.

DOT 4:

O fluido DOT 4 assim como o DOT 3 também tem em sua composição o polietilenoglicol, mas a diferença entre ambos está no tratamento químico que cada um deles recebeu.

Ele é indicado para veículos leves e pesados como caminhões, tratores, pick-ups e também veículos importados. O seu ponto de ebulição é de 230 °C, mas se o líquido estiver contaminado com água o seu ponto de ebulição cai para 155 °C .

DOT 5:

O fluido de freio DOT 5 é a base de silicone, sendo ele um líquido que repele a umidade por ser desenvolvido à base de silicone, o mesmo é indicado para veículos que contam com sistema de freios ABS, onde são exigidos muito mais eficácia e eficiência na frenagem.

Seu ponto de ebulição é de 260 °C, mas tenha em mente que ele pode sim ser contaminado e ter seu ponto de ebulição baixado para 180 °C.

DOT 5.1:

A fórmula do fluido DOT 5.1 é à base de glicóis, e mesmo ele sendo um produto mais barato que os outros jamais deve ser misturado com os outros tipos de fluidos.

Ele é indicado para veículos leves, pesados e também importados, onde os mesmos tem destaque na sua performance em situações que envolvam temperaturas mais altas.

Seu ponto de ebulição é de 270 °C, mas se por ventura for contaminado pela umidade da água poderá ser baixado para 190 °C.

Para que serve o fluido de freio?

O fluido de freio serve para fazer que o sistema de freios de um veículo venha a funcionar de maneira eficaz e segura, onde ele é um dos itens mais importantes do sistema de segurança de um veículo.

E justamente por isso merece todo o cuidado e atenção da nossa parte. Afinal de contas, a pressão exercida desde o pedal até as rodas do automóvel devem ocorrer sem nenhuma interferência, o que acaba oferecendo mais segurança para o motorista e passageiros.

De forma resumida, o fluido ajuda todo o sistema de freios de um veículo a terem um desempenho muito melhor e adequado.

Sem falar que o líquido contribui com a lubrificação das sapatas e pastilhas de freio, já que o mesmo age como lubrificante.

Como funciona o fluido de freio?

O fluido de freio é o líquido que tem a função de transmitir a pressão exercida no pedal durante uma frenagem para todas as 4 rodas do veículo, e isso ocorre através de mangueiras que estão conectadas ao cilindro mestre, onde ele bombeia o fluido de maneira uniforme até que ele chegue nas pastilhas e lonas de freio. O que ocasionará obviamente na desaceleração do automóvel.

Por ser um sistema fechado, depois de acionado o líquido do fluido então retorna para o cilindro mestre para ser usado posteriormente, onde há um desgaste mínimo e também acontece a perda em seu volume.

Justamente por isso, o reservatório do fluido de freio jamais deve ser mantido com seu nível abaixo do indicado, seu nível deve estar sempre normal.

E não podemos deixar de mencionar que o fluido é o grande responsável por suportar o calor que é gerado no sistema de freios durante uma frenagem.

E isso é devido as características anticorrosivas e lubrificantes do composto, que mantem toda a integridade do sistema de freios. Sendo assim, ele é uma substância fundamental para garantir que falhas nos freios não ocorram.

Qual fluido de freio devo usar?

Para saber qual fluido usar basta seguir o manual do fabricante do modelo e marca do seu carro, assim estará garantindo que a composição que será aplicada no sistema de freios seja a ideal e a recomendada.

Escolha sempre produtos que são certificados pelo Inmetro e marcas que já são reconhecidas e conceituadas no mercado, fuja de produtos fora da especificação.