Como Trocar de Carro? Dicas Para Fazer Um Bom Negócio

Confira neste artigo as melhores dicas de como trocar de carro. Saiba quando fazer a troca. Como escolher o automóvel ideal. Dicas para preparar seu carro para efetuar a troca e muito mais neste guia.

como trocar de automóvel

Quer saber como trocar de carro fazendo uma boa negociação e ainda conseguir economizar? Saiba que nos dias de hoje essa não é uma tarefa das mais fáceis. Por isso, fazer um bom planejamento e ter paciência nessa hora é essencial para não perder dinheiro e não se arrepender depois da troca já feita.

Indiferente do motivo que está levando você a trocar de automóvel, tenha em mente que existem muitos fatores que devem ser levados em consideração antes de tomar essa decisão. Se está tendo muitos gastos com a manutenção de seu veículo, ou o seu modelo foi descontinuado, ou então está desvalorizando muito, tenha em mente que esses são alguns fatores que indicam que realmente chegou o momento de fazer a troca.


Então, para você fazer uma boa troca, preparamos esse conteúdo com muitas informações úteis que ajudaram você nesse processo para você se decidir se realmente chegou esse momento. Por isso, te convidamos a ficar conosco até o fim dessa leitura e conferir as melhores dicas para trocar de carro.

Quando fazer a troca do carro?

Provavelmente está seja uma das principais dúvidas que os proprietários de carros tem, saber qual é o momento certo para efetuar a troca de seu automóvel por outro, e saber o momento ideal para isso não é tão simples quanto parece.

Afinal de contas são muitos os fatores que devem ser analisados, principalmente o financeiro.


Mas tenha em mente que existem alguns indicativos de que o seu carro já cumpriu com o seu dever, e que manter o veículo rodando por mais tempo poderá te trazer mais despesas e prejuízos do que investir em um modelo seminovo ou até mesmo ou comprar um zero quilômetro.

Um dos indicativos que o momento de trocar de carro chegou é se o automóvel está dando muita manutenção, assim sendo, caso as manutenções preventivas e também as corretivas só aumentam saiba que esse é um forte indicativo de que o veículo já está desgastado.

E para você medir isso basta calcular a porcentagem dos gastos com a manutenção em relação ao preço de venda do carro pela tabela Fipe.

Então, se o resultado for maior que 10%, saiba desde já que realmente não vale mais a pena você ficar consertando e nem revisando o carro.

E outro fator que deve ser levado em consideração é a quilometragem do carro, que normalmente 100 mil quilômetros é o que um automóvel consegue rodar antes dele começar a te dar problemas.

Então, se por acaso o seu carro já estiver próximo dessa quilometragem, você já pode iniciar um planejamento para fazer a troca do mesmo.

E não podemos deixar de levar em consideração o tempo da garantia do seu veículo, e se esse tempo já acabou, saiba que é bastante arriscado você ficar arcando com imprevistos onde os mesmo podem ter custos muito elevados, como por exemplo problemas no motor.

Justamente por isso nesse caso vale considerar a troca.

E para finalizar, procure acompanhar como está o consumo de combustível do seu carro, se o mesmo estiver consumindo mais que o indicado no manual, e ele está consumindo muito mais que o previsto pelo fabricante mesmo você fazendo as devidas manutenções, então continuar com ele não é uma boa ideia.

Como fazer a escolha do carro ideal?

Indiferente se você tinha um modelo hatch, um sedã ou então um SUV, na hora de fazer a troca por outro modelo tenha na sua cabeça qual automóvel deseja adquirir, pois assim você já pode começar a pesquisar por preços.

Se por ventura já efetuou a venda do seu carro e está com o dinheiro, saiba que realizar uma boa negociação não quer dizer que precisa gastar muito em um modelo que não necessita, ou então que com o passar do tempo o mesmo irá te trazer muito mais custos.

Um exemplo bem simples é você fazer a compra de um automóvel de luxo, claro que de início isso seria bem legal, mas por outro lado se vier a usar ele como um veículo do dia a dia, saiba que os gastos com a manutenção do mesmo pode ser bem alto. E isso poderá ser um grande problema.

E se por acaso ainda não vendeu o seu carro e está cogitando em como fazer a troca gastando menos, tenha em mente que a mesma lógica deverá ser seguida, mas não se esqueça que é essencial realizar uma boa venda em primeiro lugar.

E o mais importante de tudo é saber que o processo de troca de carro sempre exige paciência, por isso não tenha pressa.

Preparando o seu carro para fazer a troca:

Se você já tomou a decisão que realmente chegou o momento de realizar a troca de seu automóvel no mercado, saiba então que preparar ele para isso é fundamental.

Na verdade você estará tomando algumas atitudes para que o mesmo tenha o seu valor melhorado.

Esteticamente faça uma boa limpeza do seu carro tanto por fora como por dentro, estofados, vidros, enfim, faça uma limpeza geral e bem completa.

E se por ventura o mesmo estiver com riscos ou algum amassado na lataria procure também fazer o conserto para que o aspecto do automóvel seja melhorado.

Quanto à documentação do carro, faça uma consulta de débitos do veículo para garantir que tudo esteja quitado, afinal de contas o mesmo precisará ser transferido para o novo proprietário.

Procure fazer também uma revisão geral, pois isso irá garantir um melhor preço na troca. E para finalizar faça também um bom polimento na pintura, coloque tapetes novos, calibre os pneus.

Saiba que pequenas atitudes irão causar um impacto muito positivo e ajudará a valorizar o carro.

Melhores dicas de como trocar de carro:

Agora que já sabe quando fazer a troca, como escolher o modelo ideal, e como preparar seu carro para ser trocado por outro, preparamos um guia com as melhores dicas de como trocar de carro gastando pouco e de forma segura. Confira:

  1. Defina o tipo de carro ideal para suas necessidades;
  2. Comece a fazer um bom planejamento com antecedência;
  3. Faça pesquisas e comparação de preços;
  4. Procure avaliar o custo benefício do modelo que deseja adquirir;
  5. Leve em consideração um modelo seminovo;
  6. Realize cotações do valor do seguro antes de efetuar a troca;
  7. Não esqueça jamais de pechinchar;
  8. Negocie muito com o vendedor;
  9. Se for financiar verifique primeiro se poderá pagar todas as parcelas;
  10. Utilize o valor do seu carro para abater no preço no momento da troca;
  11. Faça a troca já pensando no futuro;
  12. Procure realizar a troca nas melhores épocas do ano;
  13. Leve em consideração participar de um consórcio.