Como Funciona o Sistema de Arrefecimento do Motor? Entenda

Entenda como é o funcionamento do sistema de arrefecimento do motor de um carro. Saiba o que é este sistema, como ele é composto, para serve, problemas e dicas de cuidados.

sistema de arrefecimento do motor como funciona

Entender como funciona o sistema de arrefecimento do motor é uma obrigação de todo motorista e proprietário de veículo automotor. Afinal de contas, este sistema é essencial para garantir o bom funcionamento do mesmo, evitando que ele sofra um superaquecimento, o que seria desastroso.

Então, para você não ter mais dúvidas sobre o que é o sistema de arrefecimento, qual a sua importância, seus componentes, como funciona, para que serve e como cuidar deste sistema tão importante.


Preparamos este texto bastante completo para tirar todas as suas dúvidas. Por isto te convidamos a ficar conosco até o fim desta leitura, já que se trata de um sistema muito importante.

O que é o sistema de arrefecimento do motor?

O sistema de arrefecimento do motor como o próprio nome diz é o sistema responsável por arrefecer, ou seja fazer a refrigeração do motor para que ele funcione corretamente sempre na temperatura ideal.

O sistema é composto por vários componentes e peças que juntos fazem todo o trabalho de resfriamento de motores de combustão interna. Evitando assim que superaqueçam e venham a ter problemas graves, até mesmo fundir.


Quando você da a partida no seu carro, muitos processos diferentes ocorrem, e para o motor funcionar da forma certa saiba que muitos destes processos acontecem no sistema de arrefecimento. Sistema este mais que importante.

Peças e componentes do sistema de arrefecimento do motor:

Já sabendo o que é o sistema de arrefecimento, e que ele é essencial para o bom funcionamento dos motores. É importante que conheça quais são os componentes e peças que fazem parte de todo este conjunto. Saiba quais são , para que servem e como funcionam:

Bomba d’ água:

A bomba d’água do motor de um carro é um componente essencial no sistema de arrefecimento. Sua principal função é fazer circular a água ou o líquido de arrefecimento pelo motor para dissipar o calor gerado durante a combustão.

À medida que o motor funciona, a bomba d’água cria pressão, forçando o líquido de arrefecimento a circular pelo motor e pelo radiador. Isso ajuda a manter a temperatura do motor dentro dos limites ideais, evitando superaquecimento e garantindo o funcionamento eficiente do veículo.

Válvula termostática:

Ela serve para controlar a temperatura do motor, garantindo que ele opere na faixa ideal de temperatura. A válvula termostática funciona de forma simples: quando o motor está frio, ela permanece fechada, direcionando o líquido de arrefecimento para circular apenas dentro do motor, permitindo que ele aqueça mais rapidamente.

À medida que o motor atinge a temperatura de operação adequada, a válvula se abre gradualmente, permitindo que o líquido de arrefecimento flua pelo radiador, onde ele é resfriado.

Reservatório:

O reservatório é um recipiente projetado para armazenar todo o líquido do sistema de arrefecimento, servindo também para guardar as variações do volume do líquido de arrefecimento à medida que o motor aquece e esfria durante a operação.

Saiba que quando o motor aquece, o líquido de arrefecimento se expande, e o reservatório permite que esse excesso seja coletado, evitando que o líquido seja expelido ou então que vaze do sistema.

À medida que o motor esfria, o líquido de arrefecimento então é puxado de volta para o sistema a partir do reservatório, mantendo o nível certo no sistema de arrefecimento. Isso ajuda a garantir a estabilidade da temperatura do motor.

Radiador:

O radiador é mais que essencial no sistema de arrefecimento dos motores, serve para resfriar o líquido refrigerante que circula pelo motor. Ele funciona através de uma série de tubos e aletas que dissipam o calor do líquido de arrefecimento para o ar ambiente.

Quando o líquido quente flui pelo radiador, o ar que passa por entre as aletas absorve o calor, resfriando assim o líquido. Isso permite que o motor opere em uma faixa de temperatura segura e ideal.

Aditivo:

Os aditivos de radiador são substâncias químicas adicionadas ao líquido de arrefecimento do sistema. Eles servem para melhorar o desempenho do sistema e também proteger os componentes e peças do motor.

Os aditivos desempenham várias funções, ajudam à prevenir a corrosão, reduzir a formação de depósitos, lubrificar a bomba d’água e ajudam a manter a temperatura do motor estável.

Sensor de temperatura:

O sensor de temperatura é um dispositivo que monitora a temperatura do líquido de arrefecimento. Sua principal função é fornecer informações precisas sobre a temperatura do motor para o sistema de controle do veículo.

Permitindo assim que o sistema de gestão do motor ajuste a mistura ar-combustível e outros parâmetros de funcionamento para otimizar o desempenho e a eficiência do mesmo.

O sensor funciona medindo a temperatura do líquido refrigerante, convertendo está temperatura em um sinal elétrico que é enviado para a unidade de controle do veículo (ECU).

O sistema pode tomar decisões automáticas para manter a temperatura do motor dentro dos limites adequados, garantindo um funcionamento mais suave e eficaz do veículo.

Eletroventilador:

O eletroventilador ou ventoinha no sistema de arrefecimento é um componente elétrico que serve para resfriar o radiador, auxiliando no controle da temperatura do motor. Ele é acionado automaticamente através de sensor quando o motor atinge uma temperatura pré-determinada.

Quando ligado, o eletroventilador envia ar através das aletas do radiador, dissipando desta forma o calor do líquido de arrefecimento. Isso ajuda a manter a temperatura do motor dentro dos limites ideais, evitando o superaquecimento.

Qual é a temperatura média do motor de um carro?

A temperatura média do motor de um automóvel pode sofrer variação de um carro para outro, essa variação é comum, afinal são muitas marcas, modelos e fabricantes com características diferentes. Mas, de modo geral podemos dizer que a temperatura média do motor de um carro pode variar entre 90° a 100° graus Celsius.

Como funciona o sistema de arrefecimento do motor?

Já sabendo qual a temperatura média dos motores, saiba que o sistema de arrefecimento do motor de um carro funciona através da circulação do líquido de arrefecimento (geralmente composto por água desmineralizada e aditivos) pelo motor e radiador.

Enquanto o motor trabalha, o líquido absorve o calor que é gerado pela combustão. Esse líquido quente é então bombeado pelo motor passando pelo radiador, onde o ar faz o resfriamento.

A válvula termostática controla o fluxo de líquido de arrefecimento, ajustando-o conforme a temperatura do motor. Isso mantém a temperatura ideal, prevenindo o superaquecimento e garantindo o funcionamento eficiente do veículo.

O excesso de líquido é armazenado em um reservatório, e conta também com um eletroventilador que é ativado quando preciso for para aumentar a eficiência da refrigeração.

Para que serve o sistema de arrefecimento do motor?

O sistema de arrefecimento serve como uma espécie de regulador térmico, evitando que o veículo venha se aquecer de maneira excessiva devido às explosões que ocorrem internamente no motor durante a queima de combustível. A temperatura ideal de operação do automóvel como já citamos é aproximadamente 90°C.

O arrefecimento assegura então que o motor permaneça na temperatura adequada, impedindo o derretimento de peças e garantindo o funcionamento correto do veículo.

Defeitos mais comuns do sistema de arrefecimento do motor:

Já sabendo como funciona, para que serve e quais são os tipos de sistema de arrefecimento que existem, é essencial que saiba também quais são os principais problemas que ele pode apresentar. São eles:

  1. Vazamento do líquido do fluido;
  2. Bomba d’água com defeito;
  3. Galerias do bloco do motor bloqueadas;
  4. Nível do óleo do motor baixo.