Para Que Serve a Válvula Termostática? Guia Completo

Saiba o que é, e para que serve a válvula termostática. Conheça quais são os tipos, como ela funciona, principais problemas na peça, duração, cuidados. Se pode ser retirada. como testar e mais.

qual a função da válvula termostática

Saber para que serve a válvula termostática é mais que essencial, afinal de contas ela é de extrema importância para o bom funcionamento do motor de um veículo. Onde a mesma faz ele funcionar corretamente, pois ela faz com que a temperatura do motor permaneça entre o mínimo e o máximo. E é essa peça que faz esse controle.

A peça compõe o sistema de arrefecimento do motor do carro, que como sabemos é importantíssimo para um veículo à combustão interna. Essa peça é fundamental para garantir que o propulsor funcione na temperatura certa, o que acaba evitando problemas como um possível superaquecimento entre outros defeitos.


Então, para que você não tenha dúvidas sobre para que serve uma válvula termostática, preparamos esse texto bastante completo. Por isso, fique conosco até o fim da leitura desse importante texto, assim terá suas dúvidas respondidas.

O que é a válvula termostática?

Essa peça pode ser considerada a principal peça do sistema de arrefecimento de um motor, a mesma tem como principal objetivo impedir o superaquecimento do líquido de arrefecimento que é composto por água destilada e aditivo para radiador.

Sendo ela a responsável por liberar a passagem do líquido para o radiador.


A válvula tem como função fazer com que o líquido troque de calor com o ar, retornando pro motor em uma temperatura mais baixa, e que depois esse líquido troque de calor também com o motor. Isso irá fazer com que a temperatura seja ideal para um bom funcionamento.

E não podemos deixar de mencionar que a válvula termostática funciona como um termostato, controlando assim a temperatura mínima.

Tenha em mente que essa peça é tão importante, que se a mesma não estiver funcionando corretamente problemas como o superaquecimento do motor e a fundições de peças internas podem vir à acontecer.

Tipos de válvulas termostáticas:

Agora que já sabe o que é uma válvula termostática, é importante que conheça quais são os seus tipos, que são a de fole, e a de cera:

  1. De fole;
  2. De cera.

Para que serve a válvula termostática?

A válvula termostática de um veículo tem a finalidade de garantir que o motor chegue mais rapidamente na sua temperatura ideal de funcionamento, e que essa temperatura se mantenha enquanto o mesmo está funcionando, permitindo dessa forma um funcionamento muito mais eficiente do propulsor.

E isso só é possível através do sistema de abertura e fechamento do circuito do radiador.

Na temperatura ideal de funcionamento de um motor de combustão interna, essa válvula então está aberta até mais ou menos à metade de seu curso, permitindo assim a abertura ou o fechamento fazendo a regulagem do fluxo do líquido refrigerante.

Como a válvula termostática funciona?

Essa peça faz o controle da abertura e também do fechamento do cano d’água, controlando dessa forma o fluxo do líquido de arrefecimento entre o motor do veículo e o seu radiador.

Saiba então que o controle de temperatura só é possível devido a existência dessa peça.

Assim, quando o motor está frio a válvula ou termostato como também é conhecido impede que o líquido refrigerante chegue até o radiador, mantendo dessa maneira sua temperatura melhorando a eficiência do motor, e evitando o consumo excessivo de combustível e emissões de gases mais elevadas.

A válvula então vai se abrindo de forma gradual, quando o líquido que está aquecido vai sendo resfriado. E isso faz com que a válvula consiga manter o motor do carro funcionando na temperatura correta.

Isso, além de prolongar a vida útil do motor, melhora seu desempenho e ainda ajuda na economia de combustível.

Principais problemas que podem acontecer se a válvula termostática estiver com problema:

Aqui vale uma ressalva, pois muitos dos sintomas de possíveis problemas no sistema de refrigeração de um veículo podem também ter relação com outros defeitos.

Entre os principais podemos mencionar um possível vazamento do líquido refrigerante pelas mangueiras, a ventoinha do radiador pode estar com algum defeito, e o líquido de arrefecimento pode também estar abaixo do nível recomendado.

Justamente por isso se faz necessário uma boa verificação no estado de conservação dos itens citados antes mesmo de avaliar a válvula termostática.

E se realmente for a válvula, tenha em mente que existem alguns problemas que são mais comuns de acontecer durante o tempo da utilização do veículo.

Confira quais são eles:

  • Superaquecimento;
  • Aumento no consumo de combustível;
  • Mais desgaste e atrito entre as peças.

Quanto tempo dura e cuidados com a válvula termostática?

Mesmo a peça sendo fabricada em aço e derivados de petróleo, saiba que depois de um tempo de funcionamento ela pode deixar de exercer a sua função corretamente.

E isso se deve a variação constante da temperatura. Então, mesmo não existindo uma quilometragem certa definida para a substituição da peça, pois a mesma pode ter o tempo de duração da vida útil do carro, o certo é fazer a troca da peça a cada 30 mil quilômetros rodados, ou quando for realizar a manutenção preventiva em seu veículo.

Mas saiba que isso poderá variar conforme o fabricante e o modelo do veículo.

A válvula termostática pode ser retirada ou não?

A válvula termostática é uma peça essencial para o funcionamento do carro e a mesma não pode ser retirada, como já mencionado nesse texto a peça tem um papel extremamente importante no sistema de arrefecimento do motor do veículo, onde a mesma é responsável por controlar a passagem do líquido refrigerante pelo circuito do motor até chegar ao radiador.

E esse é um erro que muitos mecânicos inexperientes cometem, eles removem a peça pro motor funcionar melhor, muitos mecânicos retiram a válvula com o intuito de evitar que o motor venha a superaquecer devido possíveis problemas na peça.

Mas sabia que essa não é uma boa prática, e pode causar outros problemas como o aumento no consumo de combustível, pois em um carro sem a válvula, a tendência é que o líquido do sistema de arrefecimento circule pelo sistema do radiador e pelo bloco do motor ao mesmo tempo.

Fazendo assim que a temperatura ideal de funcionamento fique abaixo da temperatura normal. Então, para manter o motor funcionando, a alimentação de combustível dentro da câmera de combustão é maior, o que causa um aumento no consumo.

Isso, sem falar que o motor perde seu rendimento, já que para uma melhor performance e desempenho a temperatura ideal fica próxima aos 90° graus.

E com valores menores que esse, o motor fiará mais lento tendo sua potência reduzida. Por esse motivo jamais retire a válvula termostática do seu carro, e se por ventura acontecer algum problema com a peça, faça a troca da mesma por uma nova, afinal de contas nem é uma peça tão cara assim.

Desse forma você garante que o seu sistema de refrigeração funcione com muito mais segurança.