O Que Fazer Quando a Ventoinha do Radiador Não Desliga?

Entenda o que é, para que serve, como funciona, e o que fazer quando a ventoinha do carro não desliga. Saiba quando ela deve ligar. O que pode acontecer quando ela não desliga. O que pode acontecer quando ela não liga. O que faz ela não desligar. Principais dúvidas sobre a peça respondidas, e sinais de problema na ventoinha.

o que deve ser feito quando a ventoinha do radiador não desliga

Se está querendo saber o que fazer quando a ventoinha do radiador não desliga, provavelmente é porque alguma coisa não está certa com o seu funcionamento. Entenda que essa é uma das principais peças do conjunto do sistema de arrefecimento do motor de um veículo, o papel do eletro-ventilador é auxiliar na troca de calor, que por sua vez passa como você sabe pelo radiador.

Isso quer dizer, que se a ventoinha não desliga tem algo de errado acontecendo, e isso precisa ser resolvido o quanto antes, pois evitar um superaquecimento do motor é essencial. Pois caso isso venha a acontecer é bem provável que terá muitos problemas e também gastos que muitas vezes podem ser bem elevados.


Então, como essa é uma peça fundamental para o bom funcionamento do motor do carro, preparamos esse artigo sobre o assunto para poder tirar todas as suas dúvidas sobre o que fazer quando a ventoinha não desliga.

O que é e para que serve a ventoinha do radiador do motor?

A ventoinha do radiador é praticamente a principal parte de todo o conjunto do sistema de arrefecimento ou refrigeração de um veículo, a mesma é constituída por um motor e por uma hélice.

Sua principal funcionalidade é tornar mais rápida a passagem do ar pelo radiador, intensificando assim o resfriamento do líquido de arrefecimento que vai auxiliar no resfriamento do motor.


Sendo assim, ela é acionada quando o ar ambiente que em contato com o radiador do motor não é capaz de esfriar o fluido, então quando isso ocorre o termostato aciona a ventoinha fazendo girar a sua hélice.

Praticamente todas as ventoinhas funcionam com duas intensidades de velocidades, sendo uma mais fraca e outra mais forte, tudo depende da temperatura em que se encontra o motor.

E quando essa peça não está funcionando corretamente, os riscos de um superaquecimento do motor é grande, o que também causa perda de desempenho e reduz a vida de outras peças. Por isso ela é tão importante, já que a mesma é bastante requisitada, principalmente no anda e para no trânsito no dia a dia.

Como funciona a ventoinha do radiador?

A ventoinha é acionada por componentes elétricos e eletrônicos como o sensor de temperatura por exemplo, ela então refrigera a água que circula internamente no radiador, mantendo assim a temperatura ideal do motor. Esse por sua vez é um processo bastante antigo, o que mudou foi apenas a tecnologia.

Hoje em dia praticamente não existem veículos sem essa peça tão essencial, a não ser o Fusca e o Gol Box com seus motores refrigerados a ar, e mesmo assim eles tem a sua hélice que fica oculta.

Nos casos dos carros mais antigos, era usada a correia na hélice, que por sua vez acionava a ventoinha por meio de um sensor de temperatura no qual enviava um sinal negativo para o motor da hélice.

Conhecido como cebolão, que normalmente ficava instalado diretamente na parte debaixo do radiador. Bastava o radiador esquentar para acionar o cebolão.

E com o passar do tempo, o cebolão teve seu tamanho reduzido, passando a acionar a ventoinha do radiador de outro local, onde o mesmo começou a ser instalado diretamente no bloco do motor.

Assim sendo, a temperatura do motor é que faz o acionamento do sistema, e faz isso com muito mais precisão. Sem falar no sistema de injeção eletrônica, onde sua central comanda diversos componentes e acessórios que são denominados de atuadores.

Praticamente hoje em dia todos os veículos contam com o eletro-ventilador, que é ativado por um sinal de temperatura do motor, na verdade são 2 sinais.

Um deles para o ponteiro marcador de temperatura no painel, que no caso seria um indicativo visual para o condutor. E o outro é o sinal para a central, assim a ventoinha irá ligar e fazer a refrigeração do motor do carro.

Quando a ventoinha do radiador deve ligar?

Geralmente, a ventoinha do carro é ligada quando o motor atinge uma temperatura mais elevada, assim ela é acionada e se inicia o resfriamento do motor.

Peça essencial, pois para que o carro não sobreaqueça quando parado no trânsito do dia a dia, ou quando o automóvel for desligado muito quente. Saiba que a ventoinha pode ficar ligada funcionando direto até 10 minutos em alguns casos.

Caso não saiba, 90º graus é a temperatura ideal para o bom funcionamento do motor, nem mais e nem menos, sendo assim ela é ativada somente para conseguir manter a temperatura auxiliando no resfriamento.

E se por acaso, o marcador estiver mostrando que a temperatura está baixando, é bom verificar a válvula termostática também.

O que pode acontecer quando a ventoinha do carro não desliga?

Muitos são os problemas causados pela ventoinha não desligada, neles podemos somar os gastos financeiros e também prejuízos com manutenções totalmente desnecessárias em outras peças do motor do carro.

Pois quem faz as manutenções preventivas acaba se prevenindo sempre de muitos problemas, evitando assim gastos, sem falar também que evita a substituição de muitas peças que ainda funcionam bem.

Por isso a importância da manutenção da ventoinha é essencial, tão importante quanto a manutenção da correia do alternador que tem a finalidade de transmitir força de uma peça para outra dentro do propulsor do automóvel.

Sem falar que a mesma é o principal elemento pelo trabalho do alternador do carro, e tem a função de gerar energia, onde ela fica armazenada na bateria do veículo.

Então, quando a ventoinha do carro não desliga, o automóvel pode sim parar de funcionar a qualquer momento, assim como acontece se a correia do alternador apresentar defeito ou algum problema. E também existem outros problemas que fazem a ventoinha não desligar, são eles:

  • Problemas em componentes eletrônicos;
  • Problemas no sensor da temperatura.

O que pode acontecer quando a ventoinha do radiador do carro não liga?

Essa também é outra dúvida que muitos motoristas tem, é saber o que acontece quando a peça não liga, nesse caso, se o sensor de temperatura não estiver funcionando corretamente, saiba que a ventoinha não será ligada, ou então irá ligar diretamente.

Tudo porque o sensor não saberá qual a temperatura do motor. Então se ela não ligar um superaquecimento também pode ocorrer.

O que fazer quando a ventoinha do radiador não desliga?

Agora que já sabe o que é a ventoinha, para que ela serve, como funciona, quando ela deve ligar, e o que acontece quando ela não desliga ou não liga, é preciso saber o que fazer quando ela não desliga. E assim evitar problemas com seu motor.

O melhor que você pode fazer quando a ventoinha não desliga é procurar uma oficina mecânica de sua confiança, assim o mecânico fará uma verificação no sensor de temperatura, no sistema de arrefecimento, no radiador, e claro na própria ventoinha. Dessa maneira ele encontrará o defeito, e o porque do ventilador não desligar e irá fazer o conserto.

Principais sintomas de uma ventoinha com problema ou defeito:

O superaquecimento é o primeiro indício de que alguma coisa não está certa com o ventilador do radiador suas peças e componentes, mas é importante se atentar à outros sintomas que também podem prejudicar o bom funcionamento do carro, como por exemplo:

  • O veículo começa a esquentar demais com mais frequência;
  • O líquido do radiador pode mostrar um líquido fervoroso;
  • O carro pode começar a demorar a acelerar;
  • A luz que indica a temperatura do motor fica acesa no painel;
  • O carro também começará a consumir mais combustível.