Como Funciona o Pistão do Motor? Guia Básico Simplificado

Saiba o que é e para que serve o pistão do motor de um carro. Como é o formato deles, do que são feitos. Quais são os tipos. Como funcionam. Principais problemas, manutenção e mais.

como o pistão do motor funciona

Com toda certeza você já deve saber que essa é uma peça mais que essencial para o bom funcionamento de um motor de combustão interna.

E que sem ela é impossível que o veículo se movimente. Mas será que você sabe como funciona o pistão do motor?

O motor de um veículo é sem sombra de dúvidas uma das partes mais importantes do mesmo, onde ele é composto por diversas peças, e entre elas estão os pistões do motor.

Peça essencial que desenvolve um importante e fundamental papel.

E para que você não tenha mais dúvidas sobre como funcionam os pistões de um motor, elaboramos esse conteúdo onde te explicaremos tudo sobre ele.

Por isso, fique conosco até o fim dessa leitura, afinal de contas é mais que uma obrigação de todo e qualquer motorista e proprietário de um automóvel conhecer em detalhes o funcionamento dessa peça.

como o pistão do motor funciona

O que é o pistão de um motor de combustão interna?

Os pistões de motores de combustão interna são peças de metal que ficam localizados no interior do bloco do motor dos veículos (carros, motos, pick-ups e caminhões), os mesmos se movimentam para cima e para baixo.

Sendo componentes responsáveis pela conversão da energia da queima do combustível fazendo o virabrequim ou árvore de manivelas como também é conhecido seja movimentado através da biela.

Saiba que sem a existência dos pistões é impossível que qualquer veículo com motor de combustão interna venha a funcionar.

Como é o formato do pistão?

O pistão de um motor tem a forma de um copo cilíndrico invertido, onde a sua superfície é voltada para a câmara de combustão que também é chamada de cabeça ou fundo.

A parte média do pistão que por sua vez é chamada de corpo possui 2 orifícios que são circulares.

Onde ela possibilita a fixação do pistão no pé da biela através do eixo do pino do pistão que é de aço, conhecido também como eixo do êmbolo ou eixo passador.

Seu posicionamento é mantido dentro dos pistões através de retentores adequados ou então revestidos para que esse eixo não venha a se deslocar pelo orifício deteriorando ou desgastando assim o cilindro do motor.

Do que é composto o material do pistão?

Pensado em oferecer melhor eficiência e resistência, os componentes dos pistões foram feitos e projetados para garantir uma maior longevidade de vida, duração e peso leve.

Justamente por isso eles são feitos de liga de alumínio.

E conforme a indústria metalúrgica foi progredindo, e as altíssimas temperaturas que os pistões deveriam aguentar foram assim mantidas sob controle através de projetos mais eficazes de mecânica.

Onde o alumínio por sua vez começou então a suportar maiores rotações por minuto (RPM).

O pistão do motor também é composto por anéis, onde o anel do óleo, o anel de compressão, e o anel de limpeza continuaram a ser produzidos de ferro fundido e também de ligas de aço.

Tipos de pistões do motor:

Agora que você já sabe o que é um pistão, qual é a sua forma e do que são feitos, saiba que existem tipos diferentes de pistões, confira quais são eles em detalhes:

Côncavos:

O pistão do tipo côncavo amplifica o efeito de indução que é gerado pelo sistema do escape.

Modificando assim a taxa de compressão da câmara de combustão, isso porque a sua concavidade acrescenta mais volume a câmara.

Sendo assim, para poder alcançar um volume menor é preciso reduzir a altura da câmara de combustão com o auxílio de uma plaina.

Planos:

Os pistões do tipo plano são convencionais ou neutros, isso tanto na questão da influência do fluxo e também na variação de sua taxa de compressão estática.

E dependendo do perfil do comando, a altura da câmara e o diâmetro das válvulas é preciso usinar as cavas na cabeça dos pistões.

A finalidade dessa alteração é para poder evitar o choque entre os pistões e as válvulas.

Convexos:

O pistão do tipo convexo possui um domo, onde o mesmo se adentra a câmara de combustão.

E devido à ele possuir essa característica o mesmo reduz o efeito da indução elevando assim a taxa de compressão estática do motor do veículo.

As cavas tanto para as velas de ignição como para as válvulas são necessárias nesse tipo de pistão, e o desenho do mesmo pode também causar variação na queima de combustível.

Como funciona o pistão do motor?

Os pistões do motor são cilindros móveis que se movimentam para cima e para baixo no interior do bloco do propulsor, onde os mesmos contêm anéis que são responsáveis pela vedação dos gases e dos líquidos.

A movimentação dos pistões é impulsionada devido à expansão dos gases que são queimados durante à combustão, assim sua força é transferida até o virabrequim através da biela que por sua vez está presa no pistão.

E através da movimentação dessas peças que são essenciais para o bom funcionamento do motor, e alternadamente entre 2 tipos de movimentos para cima e para baixo, e os movimentos rotacionais acionam assim as rodas fazendo o veículo se movimentar.

Principais problemas nos pistões do motor:

Agora que já sabe como funcionam os pistões de um motor à combustão interna, é mais que essencial que você fique atento aos possíveis problemas que a peça pode apresentar.

Confira quais são eles:

  • Resíduos de cinzas;
  • Pistão com a cabeça amassada ou então lascada;
  • Mancha de cor preta com alta temperatura;
  • Biela do pistão quebrada.